ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Jontex conta histórias reais com finais diferentes em campanha contra Aids

Divulgação
No vídeo, Gabriela (à esq.) e Blenda contam suas histórias sobre relacionamentos amorosos em que o uso de preservativos não era hábito Imagem: Divulgação

Renato Pezzotti

Colaboração para o UOL, em São Paulo

30/11/2018 19h38

Neste sábado (1º) é comemorado o Dia Mundial de Combate à Aids. Segundo dados recentes da Unicef (o Fundo das Nações Unidas para a Infância), uma em cada três adolescentes entre 15 e 19 anos possui o vírus da Aids no mundo. Ao mesmo tempo, pesquisas mostram que grande parte dos jovens ainda associa o uso do preservativo apenas à prevenção da gravidez.

Números como esses chamaram a atenção da Jontex, marca da Reckitt Benckiser, que lança uma campanha de conscientização sobre a importância do uso de preservativos nas relações sexuais.

“A campanha tem como objetivo alertar os jovens de que o uso do preservativo é necessário e é a maneira mais eficaz para a prevenção de infecções pelo HIV ou doenças sexualmente transmissíveis”, disse Guilherme Nogueira, diretor de Marketing da Reckitt Benckiser.

No vídeo, Gabriela, 21, e Blenda, 25 anos, contam suas histórias sobre relacionamentos amorosos em que o uso de preservativos não era um hábito. As duas parecem seguir o mesmo rumo, quando o filme revela que, na verdade, as narrativas não são as mesmas. Enquanto para uma a falta do uso de camisinha resultou numa gravidez, a outra explica ter contraído HIV (assista ao vídeo no final deste texto).

A ação ainda possui um site que explica que, a cada preservativo da marca vendido na semana do Dia Mundial de Combate à Aids, a empresa fará a doação de outra unidade a um instituto de pesquisa de combate ao HIV.

O site ainda dá destaque ao canal de Blenda no YouTube. A jovem, depois de descobrir sua soropositividade, resolveu fazer vídeos com dicas para que outros jovens não passem pela mesma situação que ela enfrenta hoje.

Mais Economia