IPCA
0.19 Jul.2019
Topo

Mídia e Marketing


Bancos investem em campanhas positivas para 2019; confira

Divulgação
Imagem: Divulgação

Colaboração para o UOL, em São Paulo

02/01/2019 13h49

"Quero ver você não chorar, não olhar pra trás, nem se arrepender do que faz...". Edison Borges de Abrantes, mais conhecido como Passarinho, é o publicitário que assina o mais famoso jingle de Natal dos comerciais brasileiros --que venceu as barreiras da publicidade e tornou-se tema de final de ano, cantado até por gerações que nunca viram os comerciais com a música. 

Criado pela agência JMM para o extinto Banco Nacional, a produção estreou na televisão em 1971, no intervalo do Jornal Nacional. Durante anos, o comercial contou com diferentes versões, até chegar à tradicional aventura de um garoto atrasado para a apresentação de um coral, veiculado em 1988.

Confira este comercial de 1988:

Os anos passaram, a publicidade se modernizou, mas os bancos continuam apostando em campanhas institucionais com mensagens positivas. A diferença, agora, é que as campanhas extrapolam a época de Natal e seguem nos intervalos comerciais até o início do ano, desejando tempos melhores aos seus consumidores.

Banco do Brasil

O comercial do Banco do Brasil, por exemplo, propõe um 2019 melhor "de fato". "Esta campanha celebra com orgulho a diversidade e características do brasileiro, buscando inspirar as pessoas a celebrar e construir um novo ano melhor", afirmou Alexandre Alves, diretor de Marketing do BB. 

Criada pela agência WMcCann, os anúncios contam com o mote "Fato ou Fake", muito utilizado pelos portais na cobertura das eleições presidenciais deste ano. 

Assista ao filme:

Itaú

O Itaú faz uma reflexão: "o que você quer buscar em 2019?". Assinada pela agência Africa, a campanha do banco pretende passar valores de amor e esperança, mesmo que opiniões e atitudes possam ser diferentes disso. 

"Quem não estiver buscando a paz, não vai enxergar. A vida pode mostrar o tempo todo que não precisamos ser todos iguais", diz um trecho do comercial.

"Aprendemos que a mensagem que toca o coração nasce da nossa capacidade de ouvir e sermos uma marca empática. Não é sobre o banco, é sobre as pessoas", declarou Eduardo Tracanella, diretor de Marketing Institucional do Itaú Unibanco.

Assista ao comercial:

Bradesco

O investimento do Bradesco foi em uma animação em três dimensões, na qual o banco pretende incentivar que cada brasileiro busque o seu brilho próprio.

Criada pela agência Publicis Brasil, o filme contou com o trabalho de mais de cem pessoas. Foram necessários 40 dias para montar o banco de imagens exibidos no comercial. "O comercial retrata uma metáfora sobre inclusão e diversidade. A narrativa remete ao sentimento comum daqueles que enfrentam novos desafios na busca de seu brilho", disse Marcio Parizotto, diretor de Marketing do Bradesco. 

Assista ao comercial:

Caixa

A Caixa Econômica Federal, por sua vez, misturou animação e vida real em sua campanha para o início de 2019. 

Com tom de agradecimento, o filme criado pela agência Nova/sb Brasília lembra que o "tempo voa" e pretende mostrar que o banco está preparado para o futuro. 

Confira o comercial:

Mais Mídia e Marketing