IPCA
0,51 Nov.2019
Topo

Encargo social e trabalhista são armas de destruição de emprego, diz Guedes

Antonio Temóteo

Do UOL, em Brasília

27/03/2019 15h16

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou hoje, durante audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado Federal, que os encargos sociais e trabalhistas são armas de destruição em massa de empregos.

"Os encargos sociais e trabalhistas são armas de destruição em massa de empregos. Para cada brasileiro empregado, um tem que ficar desempregado porque os encargos e custos valem por dois. Temos 46 milhões de desempregados por causa desse custo enorme", disse Guedes, durante um debate sobre a situação fiscal dos estados.

Além disso, o ministro afirmou que outro problema sistêmico do Brasil é o excesso de gastos públicos e a concentração de poder nas mãos do governo federal. Segundo ele, esse é um problema também de estados e municípios.

"Se fosse o caso de um estado, era um problema de gestão. Mas temos 27 [26 estados e o Distrito Federal] nessa situação. Temos um problema sistêmico. Os gastos com pessoal e inativos estrangulam os orçamentos públicos", disse.

Sem Previdência e com alta da dívida pública, Guedes deixaria governo

UOL Notícias

Economia