Topo

Mídia e Marketing


Franquia Marvel registra 60 milhões de produtos vendidos no Brasil em 2018

Divulgação
"Vingadores: Ultimato" bateu recorde de bilheteria nos cinemas brasileiros Imagem: Divulgação

Renato Pezzotti

Colaboração para o UOL, em São Paulo

2019-05-27T04:00:00

27/05/2019 04h00

O filme "Vingadores: Ultimato" continua sua luta para ser a maior bilheteria do cinema mundial. No Brasil, o longa já é a maior bilheteria de cinemas de todos os tempos. E, além do sucesso nas telonas, a Disney festeja os números de venda de produtos licenciados por aqui.

Foram mais de 60 milhões de produtos com os personagens da franquia vendidos no Brasil em 2018, entre roupas, brinquedos e calçados, por exemplo. Isso representa uma alta de 17% em relação ao ano anterior, e a expectativa é ter crescimento semelhante neste ano.

"Trabalhamos a marca em todos os públicos-alvo, sendo infantil, juvenil ou adulto, em todos os mercados, tanto no popular quanto no premium. Nossa missão é levar a magia para todos. Assim, não podemos restringir classes e lugares", afirmou Luciana Lenk, diretora de Licenciamento de Vestuário da Disney.

Quinto maior mercado no mundo

Atualmente, o Brasil é o quinto maior mercado da Marvel no mundo, atrás apenas de Estados Unidos, China, Reino Unido e México.

O país se revelou tão importante para a Disney que a empresa abriu, há cerca de dois meses, mais um posto importante por aqui: o de gerente regional para América Latina de Produtos Marvel e Star Wars, vaga ocupada pelo executivo Anthony Moreira.

"Temos grandes desafios. Um deles é aprimorar ainda mais a distribuição, para atender todos os consumidores, em todas as regiões. O outro é conseguir entregar o produto com preço certo, no ponto de venda certo", disse Moreira.

Somando os licenciados de Marvel e Star Wars, são mais de 30 mil produtos, dos quais 8.000 na seção de vestuários, vendidos em quase 20 mil lojas.

"Há uma afinidade muito profunda de personagens como o Homem de Ferro e o DNA do brasileiro. Em roupas, por exemplo, vendemos mais do que no México. Para este ano, com o lançamento de 'Vingadores: Ultimato' e 'Capitã Marvel', a previsão é que tenhamos um crescimento dinâmico de dois dígitos", declarou Luciana.

Setor em crescimento

As cerca de 600 empresas que licenciam produtos no país faturaram R$ 18 bilhões em 2018, segundo a Associação Brasileira de Licenciamento (Abral). E a líder no mercado brasileiro de licenciamentos é, justamente, a Disney.

Para Marici Ferreira, presidente da associação, os primeiros meses do ano indicam que o setor pode ficar otimista e esperar crescimento para este ano.

As impressões dos jornalistas do UOL sobre "Vingadores: Ultimato"

UOL Entretenimento

Mais Mídia e Marketing