IPCA
0,1 Out.2019
Topo

Caixa reduzirá juros do crédito imobiliário enquanto BC cortar a Selic

Diego Dantas/Caixa Notícias
Imagem: Diego Dantas/Caixa Notícias

Antonio Temóteo

Do UOL, em Brasília

08/10/2019 10h11

Após anunciar a redução dos juros do financiamento imobiliário para 7,5% ao ano mais a TR, o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães afirmou que continuará o processo de diminuição das taxas do financiamento habitacional enquanto o BC (Banco Central) reduzir a Selic (a taxa básica de juros).

"Vamos reagir a qualquer movimento de redução de juros do BC. Se o BC continuar a reduzir os juros, vamos continuar a reduzir a nossa taxa. Primeiro fizemos uma redução implícita com a nova linha do IPCA. E agora fizemos uma redução explicita, seguindo a redução da Selic pelo BC", declarou.

Segundo Guimarães, a Caixa já desembolsou R$ 62 bilhões entre janeiro e setembro de 2019 com obras do Minha Casa Minha Vida e financiamentos imobiliários com recursos do SBPE ((Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo). Esses recursos financiaram 365 mil unidades.

Guimarães também afirmou que o banco já desembolsou R$ 1 bilhão na nova linha de financiamento habitacional corrigida pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo).

Em agosto passado, a Caixa já havia anunciado uma nova linha de crédito para a casa própria, com juros entre 2,95% e 4,95% ao ano, mais a inflação oficial do país.

Esse modelo de financiamento está disponível somente para novos contratos. Poderá ser usado para financiar até 80% do valor de imóveis novos e usados, com prazo de até 360 meses. O valor da prestação é corrigido mensalmente.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Economia