PUBLICIDADE
IPCA
0,21 Jan.2020
Topo

Governo criará secretaria para acelerar entrada do Brasil na OCDE, diz Onyx

18.jun.2019 - O ministro da Casa Civil Onyx Lorenzoni conversa com o presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia no Palácio do Planalto - Andre Coelho/Folhapress
18.jun.2019 - O ministro da Casa Civil Onyx Lorenzoni conversa com o presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia no Palácio do Planalto Imagem: Andre Coelho/Folhapress

Hanrrikson de Andrade

Do UOL, em Brasília

16/01/2020 11h25

O governo federal pretende criar uma secretaria especial a fim de agilizar a entrada do Brasil na OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), segundo afirmou hoje o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM-RS).

A ideia é aproveitar a manifestação dos Estados Unidos e acelerar o processo burocrático. Ontem, o governo do presidente Donald Trump formalizou apoio para que o Brasil se torne membro do grupo, conhecido como "clube dos países ricos".

O anúncio surpreendeu o governo brasileiro, pois Trump havia sinalizado, em outubro do ano passado, que apoiariam o ingresso da Argentina na OCDE.

Onyx se reuniu na manhã de hoje com o encarregado de negócios interino da Embaixada dos Estados Unidos, William Popp, em Brasília.

Segundo o ministro, que será o coordenador da nova pasta, a missão é "melhorar a relação com o organismo internacional [OCDE], com países membros que sejam mais fortes dentro da OCDE, buscar cada um dos passos de acreditação para que o Brasil, no mais curto espaço de tempo, possa ser membro desse time, que é o time que vence no mundo".

A criação da secretaria será oficializada por meio de decreto a ser publicado nos próximos dias.

Economia