PUBLICIDADE
IPCA
0,25 Fev.2020
Topo

Heineken faz recall de garrafa que pode soltar lasca de vidro na abertura

Getty Images
Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

15/02/2020 14h41

A Heineken alertou os consumidores, principalmente para o Carnaval, sobre um recall voluntário de lotes específicos de garrafa long neck com 330 mililitros - amplamente vendidas nas folias de rua.

De acordo com a marca de cervejas, testes foram realizados pela área de qualidade e foi identificada uma pequena alteração nas garrafas em questão.

Menos de 0,3% das long necks podem apresentar um problema no momento da abertura, que pode machucar a pessoa. A empresa ressalta ainda que a alteração está "totalmente restrita à garrafa, sem nenhum impacto no líquido".

Reprodução das garrafas long neck da cerveja Heineken que poderão ser alteradas caso apresentem problemas - Reprodução
Reprodução das garrafas long neck da cerveja Heineken que poderão ser alteradas caso apresentem problemas
Imagem: Reprodução

Para identificar quais as garrafas com esse problema, basta procurar pelas iniciais CH com alto-relevo na parte inferior dos lotes.

"Apesar da baixa probabilidade e do problema já ter sido solucionado, o Grupo Heineken no Brasil, em linha com seus valores e colocando a segurança dos consumidores em primeiro lugar, decidiu realizar um recall voluntário", afirma.

A recomendação é de que, quem comprar a long neck, tenha cuidado para a abertura da tampa. Caso identifique algum problema no bocal, basta entrar em contato com a empresa — pelo telefone 0800 885 2462 ou e-mail @faleconosco@heineken.com.br.

Os consumidores que optarem pela substituição do produto receberão 2 long necks a cada unidade do lote específico devolvida. É necessário guardar a garrafa, pois ela será recolhida pela empresa para análise.

"O Grupo HEINEKEN no Brasil tem qualidade e respeito como seus principais valores. A empresa pede desculpas pelo inconveniente e informa que esta ação não representa qualquer custo ao consumidor. Outros produtos da Companhia que não fazem parte dos lotes específicos podem ser consumidos normalmente".

Economia