PUBLICIDADE
IPCA
0,25 Fev.2020
Topo

PIB brasileiro pode cair até 4,4% em 2020 com coronavírus, diz estudo

Getty Images
Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

20/03/2020 11h25

A pandemia do novo coronavírus pode provocar uma perda de até 4,4% no PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro em 2020. O dado consta em um estudo do Centro de Macroeconomia Aplicada da FGV (Fundação Getulio Vargas).

Se confirmada, essa seria a maior queda nominal (sem considerar efeitos da inflação) da economia desde 1962, quando começa a série histórica disponível no site do Banco Central.

O coronavírus tem impactado diretamente na economia brasileira, com diversas empresas com portas fechadas, eventos cancelados ou suspensos e restrição na circulação de pessoas.

A queda de 4,4% é o pior cenário desenhado pelo estudo, que faz uma comparação com os impactos à economia causados por crises anteriores, como a de 2008 e a greve dos caminhoneiros em 2018.

Em um cenário mais otimista, o estudo prevê que a economia do país fique estagnada, com crescimento próximo a 0%. Considerando um meio-termo, o documento projeta que o PIB fique negativo em 2,5%.

"As simulações sugerem que a economia brasileira dificilmente escapará de um crescimento próximo de zero em 2020. No melhor cenário, os efeitos negativos sobre a economia brasileira, em termos de crescimento, dissipar-se-ão a partir do final 2021. (...) No pior cenário, efeitos significativos ainda poderão ser sentidos em 2023", diz o estudo.

Economia