PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Mídia e Marketing

Influenciadores digitais bombam em época de coronavírus

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

Renato Pezzotti

Colaboração para o UOL, em São Paulo

27/03/2020 15h09

Um estudo realizado pela Spark, empresa especializada em ações de marketing de influência, indica que os influenciadores digitais brasileiros têm aproveitado a pandemia de coronavírus para expandir suas publicações sobre o tema.

O levantamento, realizado entre os dias 1 de janeiro e 17 de março, analisou os mil perfis brasileiros do Instagram que mais comentaram sobre o assunto. O resultado aponta mais de 120 milhões de "impressões" (visualizações) nas publicações sobre o tema, considerando apenas postagens em formato foto e vídeo no feed da rede social.

O estudo aponta que os cinco perfis que tiveram maior volume absoluto de interações em conteúdos relacionados ao assunto foram os humoristas Whindersson Nunes e Tirullipa, o jogador de futebol Roberto Firmino, a cantora Ludmilla e a influenciadora fitness Gabriela Pugliesi.

Gabriela, inclusive, foi diagnosticada com o vírus e teve um crescimento de mais de 120 mil seguidores no dia que anunciou seu diagnóstico, quando passou a compartilhar informações, cuidados do dia-a-dia e prevenções a seus seguidores.

Segundo a Spark, os influenciadores que publicaram sobre o coronavírus tiveram uma taxa de engajamento média aumentada em 1,2 vezes em relação às suas publicações tradicionais.

"Os dados reforçam a relevância dos influenciadores digitais como veículos de comunicação, assim como sua responsabilidade em levar informação qualificada para sua audiência. O trabalho educativo bem como iniciativas de entretenimento disseminadas a um amplo público de seguidores é de grande importância nesse momento", declara Rafael Coca, sócio-fundador da Spark.

Engajamento cresce

Já um estudo da Squid, outra empresa especializada em marketing de influência, aponta que o engajamento dos usuários no Instagram tem aumentado com a chegada da doença ao Brasil.

Segundo o levantamento, se compararmos a semana de 15 até 21 de março deste ano com os mesmos dias de 2019, houve um aumento de 24% na taxa de engajamento e 27% no alcance efetivo da ferramenta de 'Stories' da rede.

Veja mais economia de um jeito fácil de entender: @uoleconomia no Instagram.
Ouça os podcasts Mídia e Marketing, sobre propaganda e criação, e UOL Líderes, com CEOs de empresas.

Podcasts são programas de áudio que podem ser ouvidos a qualquer hora e lugar —no computador, smartphone ou em outro aparelho com conexão à internet. Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts e em todas as plataformas de distribuição. Você pode ouvir Mídia e Marketing, por exemplo, no Spotify, na Apple Podcasts e no YouTube.

Mídia e Marketing