PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

iFood chega a dobrar taxa de entrega; veja íntegra da resposta da empresa

Do UOL, em São Paulo

19/05/2020 13h59

Após o UOL publicar a reportagem "iFood chega a dobrar a taxa de entrega; restaurantes temem perder vendas", o iFood pediu a inclusão de uma nota com mais informações sobre a empresa. Leia abaixo a nota da companhia, na íntegra.

"O iFood dedicou-se ainda a buscar soluções que amenizem os impactos econômicos e sociais do COVID-19 para os restaurantes cadastrados em sua plataforma. Para que isso aconteça, a foodtech anunciou quatro grandes ações que começaram a ser implementadas a partir do dia 02 de abril.

A primeira ação visa o Maior lucro por pedido para o restaurante. O iFood destinará R$ 50 milhões de sua receita na forma de um fundo de assistência a restaurantes. Com duração inicial de dois meses (até 31 de maio, podendo ser prorrogado), a iniciativa beneficiará restaurantes parceiros de todo o Brasil, em especial pequenos e médios estabelecimentos que estão no iFood ou ainda os que entrarem durante o período.

Os valores do auxílio dependerão do valor de comissão que o restaurante paga atualmente ao iFood. O benefício será calculado com base no valor de cada pedido vendido. A expectativa é que ao menos 100 mil estabelecimentos tenham retorno de 20%, em média, nas taxas de cada compra realizada, gerando assim maior lucro por pedido realizado.

Os restaurantes receberão o benefício de forma automática, ou seja, não precisarão fazer nenhum tipo de solicitação para começar a receber. Além disso, caso um empreendedor tenha mais de um restaurante cadastrado no iFood, ele receberá o auxílio por pedido realizado em cada um de seus restaurantes.

A empresa irá antecipar os recebimentos dos restaurantes, sem custo adicional. Dessa forma, todo negócio que optar pelo benefício, receberá seu pagamento 7 dias após as vendas durante os meses de março, abril e maio. Com isso, a expectativa é injetar até R$ 2,5 milhões no mercado brasileiro em antecipações. Restaurantes de todo o Brasil poderão pedir ao iFood a antecipação do repasse utilizando o Portal do Parceiro.

O benefício será válido para todos os parceiros com mais de 30 dias na plataforma que realizaram vendas a partir de 01 de março. Para executar a ação o iFood fez uma parceria com o Itaú, que a viabilizou através da empresa de meios de pagamento Rede.

A terceira iniciativa é válida para parceiros já integrados e estabelecimentos que queiram desenvolver estrutura para instalar a solução 'Pra Retirar'. Com grande parte dos salões fechados por leis estaduais e municipais, o delivery e a retirada da comida no local se tornaram as únicas formas do restaurante operar. Por isso, o valor arrecadado pelo iFood em taxas do serviço 'Pra Retirar' (no qual os usuários fazem o pedido via app e retiram diretamente no restaurante) será devolvido integralmente aos restaurantes parceiros. Serão mantidas apenas as taxas de meio de pagamento do pedido.

Já a quarta medida é uma parceria da foodtech com a escola de negócios Conquer que, juntas, desenvolveram conteúdos totalmente online e gratuitos para proporcionar aulas com renomados empreendedores, gestores e profissionais que atuam nas mais diversas áreas ligadas ao mercado. O "Curso de apoio à gestão de restaurantes em tempos de COVID-19" renova as informações de marketing, finanças, revela novas formas de operar e aponta mudanças de consumo e de comportamento. O conteúdo das aulas foi desenvolvido para oferecer informações que facilitem a atuação assertiva e a tomada de decisão para reforçar a relação dos restaurantes com clientes, suas equipes e fornecedores e, consequentemente, estar mais preparado para atual momento do COVID-19.

Todos os restaurantes do Brasil estão convidados para assistir às aulas. Os interessados devem fazer o cadastro pelo link: http://ifood.conquer.com.br/."