PUBLICIDADE
IPCA
-0,31 Abr.2020
Topo

Caixa abre neste sábado para pagamento do auxílio emergencial

8.mai.2020 - Auxílio emergencial: funcionária auxilia cliente na porta da agência da Caixa Econômica Federal em Taboão da Serra, na Grande São Paulo - Mister Shadow/ASI/Estadão Conteúdo
8.mai.2020 - Auxílio emergencial: funcionária auxilia cliente na porta da agência da Caixa Econômica Federal em Taboão da Serra, na Grande São Paulo Imagem: Mister Shadow/ASI/Estadão Conteúdo

Da Agência Brasil

23/05/2020 10h01

A Caixa Econômica Federal abre, neste sábado (23), 901 agências para pagamento do auxílio emergencial de R$ 600 (R$ 1.200 para mães solteiras), pago pelo governo para mitigar os impactos da crise econômica em parte da população brasileira. As agências estarão abertas entre 8h e 12h. Hoje a Caixa liberou o pagamento da primeira parcela do benefício para um novo grupo de pessoas que faz aniversário em maio, junho ou julho.

Confira a lista das agência abertas neste sábado no site da Caixa.

Em entrevista online ontem (22), a vice-presidente de Governo, Tatiana Thomé, afirmou que não há necessidade de "madrugar na fila" antes do banco abrir. Segundo ela, a Caixa elaborou logística de atendimento para evitar aglomeração durante a pandemia do novo coronavírus.

"Não precisa chegar antes do horário de abertura das agências. Todos serão atendidos. Não é necessário chegar cedo porque nós fizemos um calendário para que não se tenha filas e aglomerações nas agências", ressaltou Tatiana.

O governo continua liberando aos poucos o pagamento da segunda parcela do auxílio, considerando o mês de nascimento do beneficiário. Quem não conseguir ir ao banco no dia correspondente ao mês de aniversário, poderá ir em algum dia posterior. No caso do pagamento do Bolsa Família, no entanto, o calendário está dividido conforme as datas habituais de pagamento para quem integra o programa.

No último sábado (16), a Caixa creditou R$ 246 milhões para 405.163 pessoas ainda da primeira parcela. Entre o dia 19 e 29 deste mês, a Caixa credita a primeira parcela para mais 8,3 milhões de beneficiários. Serão disponibilizados R$ 5,3 bilhões nas contas indicadas no momento da inscrição.