PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Mídia e Marketing

Loredana Sarcinella, da Samsung: Crise exige assertividade da publicidade

Renato Pezzotti

Colaboração para o UOL, em São Paulo

11/06/2020 04h01

Loredana Sarcinella, diretora sênior de marketing da divisão de dispositivos móveis da Samsung, é a entrevistada do podcast Mídia e Marketing, publicado nesta semana.

Entre outros assuntos, a executiva conta como é trabalhar com a cultura coreana, fala sobre o processo de digitalização do consumidor em tempos de crise e ressalta a importância da velocidade de decisões no marketing dos tempos atuais.

Loredana fala sobre como a análise de dados mudou a forma de fazer marketing. "Toda essa parte fez que o nosso contato com o consumidor seja muito grande. O big data nos dá uma parte analítica muito grande, com segmentação de mensagens a diferentes públicos. Já chegamos a enviar 8 mil mensagens diferentes de um mesmo produto a diferentes segmentos", afirma (no arquivo acima, o trecho está a partir de 12:17).

As mudanças causadas pela crise do coronavírus ocasionaram num replanejamento de vendas da marca. "Nos meses de março e abril, tivemos um crescimento de 40% de novos usuários comprando via e-commerce no Brasil. A crise pediu mais assertividade para a publicidade", declara (a partir de 4:10).

"Começamos o ano com uma perspectiva, mas o mundo virou de ponta cabeça. A pandemia acelerou muito o processo de digitalização do brasileiro. Com a pandemia, alguns comportamentos têm mudado a cada 7 a 10 dias. Antigamente, essas mudanças demoravam cerca de 60 dias", diz (o trecho está a partir de 00:53).

Com mais de 30 anos de carreira, a executiva já trabalhou em empresas de diferentes setores -como Natura, Arcor e Colgate. Loredana também atuou por mais de 10 anos na Motorola. "Sempre vivi tecnologia em outras indústrias. É uma área que adoro. O que mais chamou atenção quando fui para a Samsung foi a velocidade da empresa, com uma inovação muito rápida", declara (a partir de 19:50).

"As pessoas têm uma concepção muito errada da cultura asiática. Temos um pensamento bastante humanizado dentro da Samsung. Temos um foco muito grande nos funcionários, consumidores e parceiros comerciais. A parte humana é fundamental. É uma empresa que trabalha muito bem a diversidade", diz (a partir de 21:51).

Mídia e Marketing