PUBLICIDADE
IPCA
0,36 Jul.2020
Topo

3ª parcela do auxílio de R$ 600 começa a ser paga neste sábado, diz Guedes

Do UOL, em São Paulo

25/06/2020 20h29

A 3ª parcela do auxílio emergencial de R$ 600 começa a ser depositada neste sábado (27) para pessoas que se inscreveram pelo aplicativo ou site da Caixa, ou que já estavam no Cadastro Único mas não são beneficiários do Bolsa Família.

O anúncio foi feito na noite desta quinta-feira (25) pelo presidente Jair Bolsonaro e o ministro Paulo Guedes (Economia), em pronunciamento ao vivo pelas redes sociais. O auxílio emergencial é gerido pelo Ministério da Cidadania, pasta comandada por Onyx Lorenzoni, que não participou da transmissão.

De acordo com Paulo Guedes, 60 milhões de pessoas vão receber a 3ª parcela do auxílio emergencial entre este sábado (27) e sábado que vem (4).

Nesta quinta-feira, o Ministério da Cidadania chegou a confirmar uma entrevista coletiva para detalhar as datas da 3ª parcela, mas o evento foi cancelado no início da tarde. Em entrevista ontem, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, disse que faltava apenas o aval do presidente Jair Bolsonaro para que o anúncio fosse feito.

Por enquanto, apenas beneficiários do Bolsa Família com direito ao auxílio emergencial haviam recebido a 3ª parcela, seguindo o calendário de pagamentos do programa, conforme o número final do NIS. O pagamento do auxílio para inscritos no Bolsa Família segue até terça-feira (30).

Mais três parcelas com valores menores

Na mesma transmissão, o presidente Bolsonaro afirmou que haverá mais três parcelas do auxílio emergencial, com valores menores a cada mês: R$ 500, R$ 400 e R$ 300. A lei vigente sobre o auxílio emergencial prevê apenas três parcelas de R$ 600 cada (ou R$ 1.200 para mulheres chefe de família).

"Os números não estão definidos ainda, mas a gente vai prorrogar por mais dois meses. Serão, com toda certeza, R$ 1.200, em três parcelas. Basicamente, deve ser desta maneira. Deve ser, estamos estudando, R$ 500, R$ 400 e R$ 300 em dois meses", afirmou o presidente.