PUBLICIDADE
IPCA
0,26 Jun.2020
Topo

Auxílio emergencial: Governo divulga calendário de pagamento da 3ª parcela

Do UOL, em São Paulo

25/06/2020 23h30Atualizada em 26/06/2020 16h21

O governo brasileiro publicou hoje no Diário Oficial da União (DOU) o calendário de pagamento da 3ª parcela do auxílio emergencial. O banco também anunciou novos pagamentos para primeira e segunda parcelas.

O dinheiro da terceira parcela começa a ser depositado neste sábado (27) em uma poupança digital da Caixa. Inicialmente, os valores poderão ser usados apenas para pagamento de contas e boletos e para compras por meio de cartão virtual. Será preciso esperar para poder sacar o dinheiro ou transferir para outros bancos —em alguns casos, quase três meses.

Quem é do Bolsa Família já está recebendo 3ª parcela

Por enquanto, apenas beneficiários do Bolsa Família com direito ao auxílio emergencial haviam recebido a 3ª parcela, seguindo o calendário de pagamentos do programa, conforme o número final do NIS.

O pagamento do auxílio para inscritos no Bolsa Família continua até terça-feira (30).

São dois calendários; saque demora mais

Todos os beneficiários vão receber o dinheiro em uma conta digital na Caixa, mesmo aqueles que indicaram conta de outro banco no cadastro.

De acordo com a portaria assinada pelo Ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, serão dois calendários, ambos levando em conta a data de nascimento do trabalhador.

Um deles, que começa em 27 de junho, é para o depósito na poupança digital da Caixa. Nesse primeiro momento, os valores poderão ser usados apenas para pagamento de contas e boletos e para compras por meio de cartão de débito virtual.

O segundo calendário, que começa em 18 de julho, é para o saque do auxílio em dinheiro nas agências da Caixa. Em alguns casos, o trabalhador terá que esperar quase três meses para sacar o dinheiro.

Bolsonaro fala em estender benefício por mais 3 meses

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) citou a possibilidade de pagar mais 3 parcelas do auxílio emergencial, durante transmissão de live realizada na noite de hoje, mas disse que ainda não há nada confirmado. Os valores, segundo Bolsonaro, seriam de R$ 500, R$ 400 e R$ 300, somando assim R$ 1.200.