PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

MG cria benefício temporário de R$ 39 para famílias em extrema pobreza

Auxílio tem previsão de durar três meses, mas pode ser prorrogado pelo governo estadual - Getty Images/iStockphoto
Auxílio tem previsão de durar três meses, mas pode ser prorrogado pelo governo estadual Imagem: Getty Images/iStockphoto

Do UOL, em São Paulo

11/09/2020 14h51

O estado de Minas Gerais, por meio de decreto do governador Romeu Zema (Novo), criou um projeto temporário para minimizar o impacto da pandemia em famílias que se encontram em extrema situação de pobreza.

De acordo com o texto, estão aptas a receber o benefício de R$ 39 pessoas cuja renda per capita mensal do grupo familiar é de até R$ 89, Além disto, é preciso que elas estejam inscritas no programa social Cadastro Único até 11 de julho.

Este valor será pago, inicialmente, em três parcelas, "podendo ser prorrogado enquanto durar o estado de emergência em saúde pública decorrente da pandemia", segundo o governo.

O pagamento será feito ao responsável de cada família cadastrada no programa. Esta pessoa poderá receber mais de uma parcela caso outros membros de sua família se enquadrem na situação.

O repasse do dinheiro fica sob responsabilidade da Sedese (Subsecretaria de Assistência Social da Secretaria de Estado de Desenvolvimento) do estado.

A medida do governo mineiro entrou em vigor na manhã de hoje, quando o Diário Oficial foi publicado.