PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Valor máximo do seguro-desemprego sobe para R$ 1.911,84

Carteira de trabalho - iStock
Carteira de trabalho Imagem: iStock

Do UOL, em São Paulo

15/01/2021 13h54

O valor máximo das parcelas do seguro-desemprego pago aos trabalhadores demitidos sem justa causa teve um aumento de R$ 98,81. O reajuste é automático e está em vigor desde a divulgação do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), que terminou 2020 com alta de 5,45%.

De acordo com o Ministério da Economia, o novo teto do seguro-desemprego passou a ser de R$ 1.911,84 —antes era de R$ 1.813,03.

O valor do benefício é calculado com base na média salarial dos últimos três meses antes da demissão. Recebe o valor máximo os trabalhadores com média salarial acima de R$ 2.811,60.

Para quem tem salário médio de até R$ 1.686,79, o seguro-desemprego é calculado multiplicando-se o valor da remuneração por 0,8. Nenhum benefício pode ser menor do que um salário mínimo —R$ 1.100 atualmente.

No caso de quem tem média salarial entre R$ 1.686,80 e R$ 2.811,60, multiplica-se o que exceder R$ 1.686,79 por 0,5 e soma-se com R$ 1.349,43.

PUBLICIDADE