PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

Denúncia de racismo em processo de seleção em Piracicaba (SP) era falsa

Matheus Levi acusou de racismo uma empresa que não existe  - Reprodução
Matheus Levi acusou de racismo uma empresa que não existe Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

18/03/2021 18h05

Um jovem que diz ter se candidatado a uma vaga de emprego acusou de racismo uma suposta empresa de recursos humanos de Piracicaba (SP). Mas o UOL apurou que a empresa acusada não existe.

Matheus Levi, 21, afirmou no LinkedIn que participou de um processo seletivo para uma vaga na área de recursos humanos de uma metalúrgica. Ele disse ter sido dispensado pela empresa Consultoria Personalizada, que seria a responsável pela seleção. Na justificativa para a dispensa, a suposta companhia teria dito que a vaga exige "ótima aparência", além de "boa postura e ótima desenvoltura".

No início da semana, Levi afirmou à reportagem que viu a suposta negativa como preconceito racial e disse ter ficado "pasmo" e se "sentido menosprezado" com a resposta. Na segunda-feira, o UOL publicou texto relatando a acusação.

Após leitores apontarem inconsistências no relato de Levi, além de outras histórias parecidas publicadas por ele no LinkedIn, o UOL descobriu que a empresa Consultoria Personalizada não existe.

Não há registro da suposta empresa no escritório regional da junta comercial em Piracicaba. Questionado, Levi informou um endereço em Piracicaba, onde ficaria a companhia. A reportagem foi ao local, na vila Rezende, nesta quinta-feira (18). O número do imóvel informado por Levi não existe, e comerciantes dali informaram que nunca ouviram falar na Consultoria Personalizada.

Procurado pelo UOL após a reportagem verificar que a empresa acusada não existe, Levi afirmou que já deu todas as informações que tinha. "Se vocês não acharam a empresa, infelizmente, o que eu posso fazer? Se eles apagaram as redes sociais e sumiram do mapa, eu não posso ajudar", disse.

Diante da apuração, o UOL tirou do ar o texto original, que relatava as falsas acusações.