PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

Indústria e supermercados fazem acordo para seguir vendendo ovos de Páscoa

Ovos de Páscoa devem ser encontrados nos mercados por mais duas semanas - Getty Images
Ovos de Páscoa devem ser encontrados nos mercados por mais duas semanas Imagem: Getty Images

Colaboração para o UOL

07/04/2021 14h58

A indústria de chocolate e os supermercados fizeram um acordo para deixar ovos e outros produtos de Páscoa nas prateleiras por mais tempo, até meados de abril. A extensão do prazo, acertada pela Abicab (Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Amendoim e Balas) e pela Abras (Associação Brasileira de Supermercados) é de duas semanas.

As associações disseram que o acordo aconteceu porque muitos consumidores não conseguiram comprar ovos de Páscoa até o feriado, no domingo (1), devido ao fechamento do comércio em muitas cidades. Existem medidas de restrição em todo país, por causa da pandemia de covid-19.

De acordo com a Abicab e a Abras, a Páscoa de 2021 teve muitos investimentos em canais de venda online, por causa da pandemia. Market places, aplicativos de entrega, WhatsApp e outras ferramentas semelhantes foram usadas para atender os consumidores.

PUBLICIDADE