PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Mulher é surpreendida ao descobrir saldo de R$ 5 bilhões em conta bancária

Julia Yonkowski, do estado norte-americano da Flórida, foi até o caixa eletrônico fazer um saque quando viu saldo bilionário em sua conta - Reprodução/WGNTV
Julia Yonkowski, do estado norte-americano da Flórida, foi até o caixa eletrônico fazer um saque quando viu saldo bilionário em sua conta Imagem: Reprodução/WGNTV

Colaboração para o UOL, em São Paulo

21/06/2021 21h01Atualizada em 22/06/2021 13h38

Durante uma ida de rotina até o caixa eletrônico, a norte-americana Julia Yonkowski se surpreendeu ao conferir o saldo bancário e encontrar quase US$ 1 bilhão em sua conta, o que equivale a pouco mais de R$ 5 bilhões na cotação atual.

O incidente inusitado ocorreu no sábado (19), na cidade de Largo, na Flórida. A intenção era sacar apenas US$ 20, ou cerca de R$ 100, em um caixa do banco Chase Bank.

Yonkowski relatou todo o ocorrido ao canal de TV WFLA, afirmando que, ao contrário do que se pode pensar, não ficou feliz com a descoberta.

"Meu Deus, eu fiquei horrorizada. Sei que a maioria das pessoas pensaria que ganhou na loteria, mas fiquei horrorizada", garantiu ela ao veículo de notícias.

"Quando eu solicitei os US$ 20, a máquina voltou e disse: 'nós daremos a você os US$ 20, mas isso será um saque a descoberto e você será cobrado' e eu disse: 'Ah, esqueça'", recordou Yonkowski, deixando claro que, inicialmente, o banco indicou que ela queria sacar mais do que tinha de saldo.

Foi nesse momento que ela tirou o extrato e descobriu o valor bilionário, incompatível com a mensagem. Desde a surpresa, a norte-americana disse que não movimentou mais sua conta.

"Eu li histórias sobre pessoas que pegaram o dinheiro ou tiraram dinheiro, e então tiveram que reembolsar, e eu não faria isso de qualquer maneira porque não é meu dinheiro", explicou ela.

A norte-americana contou ainda que tentou contatar o Chase Bank várias vezes, mas não conseguiu ajuda no sistema automatizado da instituição bancária e não teve acesso a nenhum atendente para ajudar com a situação.

Ela disse que pretende voltar a uma agência física do banco ainda essa semana, mas que teme perder dinheiro com a confusão do sistema bancário. "Isso me assusta porque você conhece as ameaças cibernéticas. Sabe, não sei o que pensar", disse.