PUBLICIDADE
IPCA
1,16 Set.2021
Topo

Funcionária do Walmart revoltada usa alto-falante da loja para se demitir

Beth McGrath usou alto-falante de loja para pedir demissão nos EUA - Arquivo Pessoal/Beth McGrath
Beth McGrath usou alto-falante de loja para pedir demissão nos EUA Imagem: Arquivo Pessoal/Beth McGrath

Colaboração para o UOL

24/09/2021 10h12Atualizada em 24/09/2021 12h44

Uma funcionária de uma unidade do Walmart, no estado norte-americano de Louisiana, usou um método inusitado para pedir demissão. Ela utilizou o alto-falante do estabelecimento para reclamar do salário e anunciar a saída do trabalho.

De acordo com a Fox News, a funcionária se chama Beth McGrath e mora na cidade de Lafayette. A cena da demissão chegou a ser gravada pela mulher e publicada em seu perfil do Facebook, em 14 de setembro, com mais de 345 mil visualizações.

"Trabalho no Walmart há quase cinco anos e posso dizer que todo mundo aqui trabalha com excesso de trabalho e é mal pago. A política de atendimento é otimista. Somos maltratados pela administração e pelos clientes todos os dias. Sempre que temos um problema com isso, somos informados de que somos substituíveis", declarou ela, para todos ouvirem na loja.

"Esta empresa trata seus associados idosos como merda", continuou a mulher, antes de encerrar o discurso dizendo: "F***-se a gerência e f***-se este trabalho". Ela ainda chama um gerente de "pervertido", possivelmente denunciando situações de assédio na loja.

Depois da polêmica, Beth publicou outro vídeo em sua rede social aconselhando as pessoas que passam pela mesma condição de precarização no emprego.

"Não tenha medo de falar o que te incomoda, mesmo que isso acabe com você", orientou.

Já na publicação mais recente, a mulher diz que recebeu muitas propostas de emprego, mas que ainda tenta diferenciar quais são reais para tomar alguma decisão e definir seu futuro.

PUBLICIDADE