PUBLICIDADE
IPCA
1,16 Set.2021
Topo

Uber lança categoria Prioridade, para 'furar fila' por um preço maior

A categoria "Prioridade" tem o objetivo de reduzir o tempo de espera até o embarque, que vem sendo alvo de críticas dos usuários da plataforma - Uber/Divulgação
A categoria 'Prioridade' tem o objetivo de reduzir o tempo de espera até o embarque, que vem sendo alvo de críticas dos usuários da plataforma Imagem: Uber/Divulgação

Do UOL, em São Paulo

14/10/2021 13h10Atualizada em 14/10/2021 23h01

A Uber lançou hoje uma nova modalidade de transporte para os passageiros, na qual é possível pagar mais para 'furar a fila' de espera para as corridas. A categoria "Prioridade" tem o objetivo de reduzir o tempo de espera até o embarque, que vem sendo alvo de críticas dos usuários da plataforma.

Segundo a empresa, as viagens da categoria "Prioridade" custarão mais caro do que as de "UberX". Qualquer pessoa pode usar essa opção, que começará a aparecer automaticamente nos aplicativos quando a pessoa fizer uma busca de endereço.

Por enquanto, a novidade só está disponível em Campinas (SP), Curitiba e Belém, na região central das cidades.

Ainda de acordo com a empresa, não há um horário de funcionamento fixo para esta opção, que "acompanha a dinâmica de movimentação da cidade".

A Uber também alega que essa será uma forma de aumentar os ganhos dos motoristas, mas não detalhou como funcionará o repasse.

Empresas aumentam repasses, mas reclamações continuam

Há cerca de um mês, a Uber e a 99 anunciaram um aumento do percentual da corrida que é repassado aos motoristas. A medida veio após intensas reclamações de usuários sobre a dificuldade crescente de conseguir um carro.

No entanto, o problema persiste. Segundo representantes de associações de motoristas de aplicativos ouvidos por UOL Carros, o aumento recorrente no valor do combustível e o alto preço de manutenção e aluguel de veículos ainda levam os motoristas a escolher as corridas que realmente valem a pena.

A Uber explica a demora em conseguir corridas por um aumento na quantidade de viagens realizadas, que gera uma procura maior do que a quantidade de motoristas disponíveis para atendê-la.

PUBLICIDADE