PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

China também depende de nós, diz general Heleno em meio a embargo de carne

Pablo Valadares/Câmara dos Deputados
Imagem: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Do UOL, em São Paulo

23/11/2021 14h38

O general Augusto Heleno, ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, afirmou que a China também depende do Brasil, em meio a um embargo do país asiático à carne bovina brasileira, que já dura 80 dias.

Em um seminário do instituto do general Villas Bôas na última sexta-feira (20), ele disse que a política externa deve ser guiada por interesses nacionais, e não inspiração ideológica.

"Essa aproximação na área econômica é necessária para a China e para o Brasil. Alguns dizem, 'somos extremamente dependentes da China', somos dependentes da China porque temos grandes trocas comerciais. Eles também dependem de nós", declarou.

Pouco antes, ele havia dito que a segurança alimentar virou tema primordial para o país asiático, que tem 1 bilhão de 200 milhões de habitantes.

O general Augusto Heleno fala sobre a China em palestra - Reprodução/YouTube - Reprodução/YouTube
O general Augusto Heleno fala sobre a China em palestra
Imagem: Reprodução/YouTube

O Brasil suspendeu as exportações de carne bovina para a China, principal compradora da mercadoria, em 4 de setembro, após a detecção de dois casos da doença da "vaca louca". Eles foram considerados "atípicos", por acontecerem de forma espontânea, não por transmissão no rebanho.

Mais cedo hoje, as autoridades alfandegárias chinesas disseram que aceitarão a carne que tenha recebido certificado sanitário antes da data do embargo.

PUBLICIDADE