IPCA
0,42 Mar.2024
Topo

Salário mínimo deveria ter sido de R$ 6.012,18 em fevereiro, segundo Dieese

O valor real do salário mínimo atualmente é 4,96 vezes menor do que o ideal - Getty Images
O valor real do salário mínimo atualmente é 4,96 vezes menor do que o ideal Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

14/03/2022 13h36

O salário mínimo no Brasil deveria ter sido de R$ 6.012,18 em fevereiro, calcula o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos). O valor é quase cinco vezes o atual, de R$ 1.212.

De acordo com o Dieese, esse seria o pagamento mínimo para sustentar uma família de quatro pessoas no mês de fevereiro no Brasil, considerando gastos com moradia, transporte, alimentação, saúde, educação, vestuário, higiene, lazer e previdência.

O valor real do salário mínimo atualmente é 4,96 vezes menor do que o ideal.

Em janeiro, o valor necessário era de R$ 5.997,14, 4,95 vezes mais do que o valor de fato. Já em fevereiro do ano passado, o montante era de R$ 5.375,05. Na ocasião, o salário mínimo no Brasil era R$ 1.100, portanto 4,89 vezes menor.

Os cálculos do Dieese se baseiam no preço da cesta básica mais cara do país, que em janeiro foi a da cidade de São Paulo. Na capital paulista, a cesta custa R$ 715, 65.

Em fevereiro deste ano, para adquirir os itens da cesta básica uma pessoa teve que trabalhar em média 114 horas e 11 minutos. Em janeiro, esse tempo tinha sido de 112 horas e 20 minutos e em fevereiro de 2021, 110 horas e 22 minutos.

O Dieese comparou ainda o custo da cesta básica com o salário mínimo líquido, ou seja, após o desconto de 7,5% da Previdência. O órgão observou que 56,11% do salário foi comprometido para adquirir os produtos da cesta.