PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Procon-SP notifica Burger King por venda de Whopper Costela sem costela

Do UOL*, em São Paulo

02/05/2022 19h28

O Procon-SP notificou hoje o Burger King por suspeita de propaganda enganosa no caso do sanduíche Whopper Costela, que não tem costela em seus ingredientes. A rede de fast food deverá apresentar explicações ao órgão e encaminhar a tabela nutricional do sanduíche, atestando a composição de cada um dos ingredientes (carne, molhos, aditivos, entre outros).

"O Procon-SP tem olhado com preocupação a publicidade de produtos alimentícios que destacam um determinado ingrediente que não faz parte da composição daquele produto ou que não tem o ingrediente na sua composição principal", explica Guilherme Farid, diretor executivo do Procon-SP, que explicou: "Se ficar comprovado que houve indução do consumidor a erro, a empresa pode ser multada por publicidade enganosa em até 11,6 milhões de reais".

Além disso, o órgão quer que a empresa comprove os testes de qualidade realizados, os gabaritos das embalagens utilizadas para acondicionamento do produto nas lojas físicas para consumo imediato e para entrega (delivery); cópia dos materiais publicitários da divulgação da atual linha do produto e de campanhas anteriores de sanduíches similares - com "aroma de costelinha", veiculados nos meios de comunicação e nas redes sociais pela empresa e por parceiros.

Sanduíche não pode mais ser vendido no Distrito Federal

Já no Distrito Federal, o Procon notificou a rede por propaganda enganosa e proibiu a venda do sanduíche. A determinação da Secretaria de Justiça e Cidadania vale até que a correção total da publicidade aconteça. Caso não cumpra a decisão, o Burger King poderá sofrer sanções como multa, apreensão dos produtos ou até interdição do funcionamento das lojas.

"A informação sobre a real composição do sanduíche não é disposta de modo claro e ostensivo na publicidade do produto, induzindo o consumidor a erro", diz nota do Procon.

Nas redes sociais, consumidores acusaram a falta do ingrediente no hambúrguer e a própria empresa confirmou que o alimento é feito com paleta suína e tem "aroma natural de costela".

O Burger King informou que, desde o lançamento do produto, "sempre comunicou com clareza em todos os seus materiais de comunicação a composição do hambúrguer presente no sanduíche, produzido à base de carne de porco (paleta suína) e com aroma 100% natural de costela suína", sem aditivos ou conservantes.

A rede também argumenta que "a transparência para com os nossos clientes é um valor fundamental e inegociável". Segundo eles, "todas as informações sobre a composição do produto podem ser facilmente identificadas nas peças publicitárias, cardápios e demais materiais oficiais do Burger King".

O caso veio à tona após a polêmica envolvendo o McPicanha sem picanha, do McDonald's, na semana passada.

*Com Estadão Conteúdo