PUBLICIDADE
IPCA
-0,68 Jul.2022
Topo

Estagiária é demitida por TikTok com funk proibidão enquanto usava uniforme

Giorgio Guedin

Colaboração para o UOL, em Florianópolis

07/06/2022 12h10Atualizada em 07/06/2022 13h58

Uma estagiária da prefeitura de São Francisco do Sul, litoral norte de Santa Catarina, foi demitida ontem, após gravar e publicar um vídeo para o TikTok no ambiente de trabalho. No vídeo, postado por ela mesma na plataforma de vídeos, a jovem aparece uniformizada e com o crachá do executivo municipal dançando um funk com letras adultas. Em conversa com o UOL, a jovem se disse arrependida (leia abaixo).

Segundo a prefeitura, por meio de nota, a estagiária era recém-contratada e estava trabalhando na Secretaria de Administração havia cerca de um mês e meio. A demissão ocorreu logo após a pasta ter acesso ao vídeo.

Segundo a prefeitura, a jovem alegou que gravou o vídeo no fim do expediente. Mesmo assim, por conta da exposição do uniforme e do crachá, a administração optou pela dispensa da estagiária.

tiktok - Reprodução/TikTok - Reprodução/TikTok
Estagiária foi demitida após publicar vídeo dançando no TikTok
Imagem: Reprodução/TikTok

"Infelizmente houve esse ocorrido e, portanto, já tomamos providências", afirmou o secretário de Administração, Carlos Roberto Nunes, em nota.

"Ela foi desligada do contrato de estágio assim que recebemos o vídeo", acrescenta o comunicado.

"Fiz na inocência"

Em contato com o UOL, a jovem, que terá sua identidade preservada, se arrepende de ter gravado o vídeo.

Segundo ela, o expediente do estágio se encerrou às 14h e ela gravou o vídeo meia hora depois, enquanto esperava uma carona, já que estava chovendo.

"Foi um momento de distração. Eu não sabia que iam fuçar meu perfil para fazer esse tipo de sensacionalismo e nem prejudicar minha vida. Sou bem correta com meu trabalho", afirmou ela.

A estagiária disse ainda que excluiu os vídeos das redes sociais após a repercussão. "Fiz errado, porque estava com o uniforme e crachá. Fiz na inocência, não sabia que iria repercutir tanto", concluiu.