IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

Carne, soja e cerveja: seleto grupo de agrobilionários tem 15 brasileiros

Jorge Paulo Lemann, Joesley Batista e Rubens Ometto Silveira Mello têm negócios ligados ao agro - Divulgação; Danilo Verpa/Folhapress; Divulgacao Cosan
Jorge Paulo Lemann, Joesley Batista e Rubens Ometto Silveira Mello têm negócios ligados ao agro Imagem: Divulgação; Danilo Verpa/Folhapress; Divulgacao Cosan

Colaboração para o UOL

08/04/2023 04h00

O ranking de bilionários da Forbes de 2023 tem 15 brasileiros do ramo do agronegócio. Juntos, eles são donos de uma fortuna que soma US$ 56,1 bilhões (R$ 284 bilhões).

Confira quem são os empresários dos setores de grãos, bebidas, agroindústria e insumos da lista:

Jorge Paulo Lemann e família

Acionista controlador da Anheuser-Busch InBev, a maior cervejaria do mundo, tem seu patrimônio líquido avaliado em US$ 15,8 bilhões (R$ 80,32 bilhões) e ocupa a posição 108 no ranking global da revista.

Marcel Herrmann Telles

Outro acionista controlador da Anheuser-Busch InBev, este com participação minoritária, tem uma fortuna de US$ 10,6 bilhões (R$ 53,89 bilhões) e ocupa a posição 165 na lista.

Lemann - 3G CAPITAL - 3G CAPITAL
Carlos Alberto Sicupira (esq.), Jorge Paulo Lemann (centro) e Marcel Telles
Imagem: 3G CAPITAL

Carlos Alberto Sicupira e família

A maior parte de sua riqueza também vem das suas ações na Anheuser-Busch InBev. Beto Sicupira, como é conhecido no meio empresarial, e seus sócios também têm participações na Restaurant Brands International, controladora do Burger King e da Tim Hortons. Posição 232 na lista, seu patrimônio é de US$ 8,6 bilhões (R$ 43,72 bilhões).

Walter Faria

Dono do Grupo Petrópolis, a única grande cervejaria nacional com capital 100% brasileiro, tem sua fortuna avaliada em US$ 3,3 bilhões (R$ 16,78 bilhões) e ocupa a posição 876 do ranking. Em março, seu grupo entrou com pedido de recuperação judicial.

Joesley Batista

Um dos dois irmãos que controlam a JBS S.A., uma das maiores processadoras de carne do mundo, ocupa a posição 1.164 e tem US$ 2,6 bilhões (R$ 13,22 bilhões).

wesley e joesley - Andre Borges/FolhaPress - Andre Borges/FolhaPress
Joesley Batista e Wesley Batista
Imagem: Andre Borges/FolhaPress

Wesley Batista

Compartilha dos mesmos números de seu irmão, Joesley Batista: está no 1.164º lugar da lista e tem sua fortuna avaliada em US$ 2,6 bilhões (R$ 13,22 bilhões).

Alceu Elias Feldmann

Fundador, presidente, CEO e dono de 85% da Fertipar, gigante nacional de fertilizantes, Feldmann tem o equivalente a US$ 2,5 bilhões (R$ 12,71 bilhões) de patrimônio líquido e está na 1.217ª posição do ranking global da Forbes.

Rubens Ometto Silveira Mello

Dono da Cosan, uma das maiores produtoras e processadoras de cana-de-açúcar do mundo, além de possuir uma carteira de investimentos imobiliários, é dono da posição 1.905 e possui US$ 1,5 bilhão (R$ 7,63 bilhões).

Lucia Borges Maggi e família

Cofundadora do Grupo André Maggi, a Amaggi, um dos maiores produtores brasileiros de soja e outras commodities. Atualmente com 90 anos e longe da administração da empresa, ocupa a posição 2.020 e tem um patrimônio líquido de US$ 1,4 bilhão (R$ 7,12 bilhões).

maggi - Reprodução - Reprodução
A família Maggi, que atua no ramo de produção de soja
Imagem: Reprodução

Blairo Maggi

Filho de André Maggi e Lucia Maggi, também é acionista da Amaggi, mas se afastou da administração da companhia para se dedicar à carreira política — foi senador, governador e ministro da Agricultura do governo Michel Temer. Estreou na lista na posição 2.133 e tem US$ 1,3 bilhão (R$ 6,61 bilhões).

Blairo Maggi - Marcelo Camargo/Agência Brasil - Marcelo Camargo/Agência Brasil
Blairo Maggi dedicou-se à carreira política
Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Itamar Locks

Genro de Lucia Maggi, participou ativamente do crescimento da Amaggi e hoje também é acionista da empresa. Tem US$ 1,3 bilhão (R$ 6,61 bilhões) de patrimônio líquido e está no 2.133º lugar da lista.

David Feffer

Herdeiro da empresa brasileira de celulose e papel Suzano. Também é presidente do conselho de administração da empresa e presidente do braço de investimentos da família. Tem US$ 1,2 bilhão (R$ 6,10 bilhões) e ocupa a posição de número 2.259.

Hugo Ribeiro

Outro genro de Lucia Maggi e acionista do Grupo André Maggi. Tem seu patrimônio líquido avaliado em US$ 1,2 bilhão (R$ 6,10 bilhões) e ocupa a posição 2.259 do ranking da revista.

Daniel Feffer

Mais um herdeiro da Suzano Papel e Celulose, também é presidente da filial brasileira da Câmara de Comércio Internacional e fundou a Intelligent Tech & Trade Initiative. Está no 2.405º lugar da lista e tem US$ 1,1 bilhão (R$ 5,59 bilhões).

Ruben Feffer

Último brasileiro do ramo do agronegócio da lista, também é um dos quatro irmãos bilionários que controlam a Suzano — no entanto, é o único que não é conselheiro da empresa. É o número 2.405 do ranking global e teve sua fortuna avaliada em US$ 1,1 bilhão (R$ 5,59 bilhões).

*Com informações da Forbes