IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

Morto na lista e Brasil fora do top 10: as curiosidades da Forbes em 2023

Gordon Moore foi cofundador da Intel, uma das maiores fabricantes de chips do mundo e autor da Lei de Moore, uma das pedras fundamentais da tecnologia - Reprodução/YouTube
Gordon Moore foi cofundador da Intel, uma das maiores fabricantes de chips do mundo e autor da Lei de Moore, uma das pedras fundamentais da tecnologia Imagem: Reprodução/YouTube

Colaboração para o UOL

05/04/2023 11h41Atualizada em 05/04/2023 15h43

A Forbes divulgou ontem a 37ª lista anual dos bilionários do mundo. Pela primeira vez, um francês liderou o ranking: Bernard Arnault, com uma fortuna avaliada em US$ 211 bilhões (R$ 1,07 trilhão).

Ao todo, foram listados 2.640 nomes, e a soma da fortuna dos bilionários do planeta neste ano registrou uma queda: o patrimônio de US$ 12,2 bilhões dos superricos encolheu em US$ 500 bilhões em relação a março de 2022.

Confira mais curiosidades sobre o ranking:

Queda no número de bilionários e novos rostos

  • São 2.640 bilionários pelo mundo. Eles detêm US$ 12,2 trilhões (cerca de R$ 61,7 trilhões).
  • O número de bilionários no mundo diminuiu pelo segundo ano consecutivo -- 254 pessoas perderam seu status de bilionário nesta nova lista.
  • 150 pessoas entraram pela primeira vez na lista dos bilionários da revista, como a lenda do basquete LeBron James, o golfista Tiger Woods e o ícone da moda Tom Ford.
  • Elon Musk, que ocupava o primeiro lugar no ano passado, caiu para a segunda posição.
  • Segundo a Forbes, 69% do ranking é formado por pessoas que construíram sua fortuna, ou seja, que fundaram ou co-fundaram suas empresas, ou estabeleceram sua própria fortuna, em vez de herdá-la. Em 2022, eram 71%.

Bilionários 60+ e predominância masculina

  • A idade média dos bilionários do mundo é de 65 anos.
  • 33 bilionários da lista do ano passado morreram. Entre eles estão o fundador da Red Bull, Dietrich Mateschitz; Lily Safra, herdeira do Banco Safra, e Pierre Bellon, que construiu sua fortuna com a Sodexo.
  • Curiosamente, um bilionário que morreu em março aparece na lista, já que ela já estava fechada: Gordon Moore, cofundador da Intel.
  • O bilionário mais velho é George Joseph, com 101 anos.
  • O bilionário mais jovem é Clemente Del Vecchio, 18, herdeiro do império global de óculos EssilorLuxottica.
  • As pessoas mais ricas do mundo ainda são predominantemente homens -- a lista deste ano contém 337 mulheres, subindo de 12% para 13% do total.
  • Os Estados Unidos lideram o ranking dos países, com 735 bilionários na lista, seguido por China (562), Índia (169), Alemanha (126) e Rússia (105).
  • O Brasil aparece em 11º, logo atrás do Reino Unido (52 bilionários britânicos contra 51 brasileiros). Em 2022, o Brasil era o 8º, com 62 - já em queda em relação aos 65 de 2021.
  • O Brasil é o terceiro país com mais bilionários na América; país lidera em todo o hemisfério sul do planeta.

Fora do clube dos bilionários por opção

Yvon Chouinard, fundador da marca de Patagônia, de roupas e acessórios esportivos, saiu da lista dos bilionários por opção. Em setembro do ano passado, ele doou sua companhia para um fundo especial e uma organização sem fins lucrativos, comprometendo-se a redirecionar os lucros para a luta contra as mudanças climáticas.