Conteúdo publicado há 9 meses

Zoom, famosa por home office na pandemia, convoca para trabalho presencial

O Zoom, plataforma de videoconferência que ficou popular durante a pandemia de covid-19, está pedindo para que seus funcionários voltem ao trabalho presencial.

O que aconteceu

Trabalho presencial em esquema híbrido. O jornal The New York Times afirmou que colaboradores receberam um comunicado da empresa, que pedia para que os funcionários que moram em um raio de 80 quilômetros dos escritórios trabalhem in loco por dois dias da semana.

"É mais eficaz para o Zoom", disse porta-voz. "Os funcionários que moram perto de um escritório precisam estar no local dois dias por semana para interagir com suas equipes - é mais eficaz para o Zoom".

As mudanças começam a ocorrer entre agosto e setembro, segundo o jornal.

O Zoom também participou da "onda" de demissões promovida pelas big techs no começo do ano. Em dois anos, o Zoom quadruplicou sua receita e triplicou sua força de trabalho "para atender à demanda", destacou Eric Yuan, diretor-geral do grupo, no site da empresa.

Porém, o executivo reconheceu que a plataforma não "levou o tempo suficiente para analisar do que precisava e garantir que seu crescimento fosse sustentável".

Deixe seu comentário

Só para assinantes