Conteúdo publicado há 3 meses

Anvisa proíbe venda de lote de atum da marca Cellier

A Anvisa proibiu na sexta (18) a venda, distribuição e uso de um lote específico de atum da marca Cellier.

O que aconteceu:

A restrição foi adotada após um surto de intoxicação alimentar em CEIs (Centros de Educação Infantil) de Campinas, em julho de 2023, após o consumo do atum ralado em óleo comestível com caldo vegetal da Cellier.

Segundo a Anvisa, os sintomas eram compatíveis com intoxicação alimentar por histamina (veja abaixo). As informações foram repassadas à Anvisa pelo Centro de Vigilância Sanitária de SP.

A proibição é válida para o produto atum ralado em óleo comestível com caldo vegetal, lote 08/05/23, fabricado em 08/05/2023 e com validade até 08/05/2025.

A Anvisa também determinou o recolhimento do produto do mercado. A decisão foi publicada no DOU (Diário Oficial da União).

A contaminação do produto foi confirmada por um exame laboratorial da Ital (Instituto de Tecnologia de Alimentos).

O UOL tenta contato com a empresa Cellier. A matéria será atualizada se houver resposta.

O que é histamina?

A histamina é uma substância que pode se formar após a morte de pescados, quando as condições de manuseio e armazenamento são inadequadas. As informações são da Anvisa.

Continua após a publicidade

Não é possível eliminar a substância com o tratamento térmico do pescado (por exemplo, cozimento, esterilização comercial, defumação) durante a fabricação do produto final (como atum enlatado).

Os peixes podem conter níveis tóxicos de histamina sem apresentar sinais como mau cheiro, alteração na consistência ou na coloração.

O consumo de alimento contaminado por histamina pode causar dormência, formigamento e sensação de queimação na boca, erupções cutâneas no tronco superior, queda de pressão, dor de cabeça, coceira na pele, podendo evoluir para náusea, vômito e diarreia.

A doença geralmente é leve e os sintomas desaparecem em poucas horas. Idosos e pessoas com problemas de saúde, porém, podem ter sintomas mais graves.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes