Lira espera votar ainda em novembro e finalizar 'rápido' reforma tributária

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), prevê finalizar a tramitação do projeto da reforma tributária ainda neste mês. Até quinta, o Senado deve terminar a votação em plenário e devolver o texto à Câmara, já que houve mudanças. A proposta é uma das prioridades do governo Lula (PT).

O que vai acontecer

Lira disse, durante café da manhã com jornalistas hoje, acreditar em uma tramitação "rápida". Os trechos modificados ou acrescentados pelos senadores serão apresentados aos líderes de partidos. Eles levarão as mudanças às bancadas para que todos os deputados tenham conhecimento do texto final.

O alagoano afirmou que esta etapa deve durar uma semana. Com isso, o projeto teria votação final na semana seguinte, concluindo a reforma tributária ainda em novembro.

Como a próxima quarta (15) é feriado da Proclamação da República, não haverá votações em plenário na Câmara dos Deputados.

Lira projeta "um texto equilibrado, respeitando diferentes interesses". Ele justifica que os nove estados do Nordeste têm mais força no Senado porque há três parlamentares por unidade federativa. Mas, na Câmara, a situação muda, porque o número de deputados reflete a população de cada estado, o que dá mais peso para o Sudeste e o Sul.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes