Do Safra ao Itaú: quem são as bilionárias brasileiras na lista da Forbes

O número de mulheres bilionárias cresceu de 2022 para 2023. Levantamento da Forbes apontou que, entre os 2.640 superricos, 337 são mulheres, contra 237 no ano anterior - agora, são 13%.

A lista traz seis brasileiras, com uma delas no top 100 global. Confira:

6 - Vera Rechulski Santo Domingo

Posição no ranking global: 2.540ª (subiu)

Patrimônio líquido: US$ 1 bilhão (R$ 5 bilhões)

Vera Rechulski Santo Domingo controla 11% da holding da família Santo Domingo sediada em Luxemburgo. Ela é viúva de Julio Mario Santo Domingo Jr., filho do empresário da cerveja colombiano Julio Mario Santo Domingo, que morreu em 2009.

A família também tem participação na Château Pétrus, uma vinícola francesa que produz alguns dos vinhos mais caros do mundo, e na Keurig Dr. Pepper, Kraft Heinz e JDE Peet's.

5 - Neide Helena de Moraes

Posição no ranking global: 2.259ª (caiu)

Patrimônio líquido: US$ 1,2 bilhão (R$ 6 bilhões)

Continua após a publicidade
Neide Helena de Moraes está entre as bilionárias da Forbes
Neide Helena de Moraes está entre as bilionárias da Forbes Imagem: Arquivo/Folhapress

Neta de José Ermírio de Moraes, fundador do Grupo Votorantim, Neide Helena de Moraes é herdeira de uma participação no conglomerado industrial brasileiro.

Ela herdou uma participação de 8% na empresa familiar após a morte de seu pai, José Ermírio de Moraes Filho, em 2001. Seus dois irmãos, José Ermírio de Moraes Neto e José Roberto Ermírio de Moraes, também herdaram participações.

4 - Anne Werninghaus

Posição no ranking global: 2.020ª (subiu)

Patrimônio líquido: US$ 1,4 bilhão (R$ 7 bilhões)

Continua após a publicidade
Anne Werninghaus tem apenas 37 anos e é de Santa Catarina
Anne Werninghaus tem apenas 37 anos e é de Santa Catarina Imagem: Reprodução/Instagram

Empresária catarinense de apenas 37 anos, Anne Marie Werninghaus é a maior acionista individual da Weg. A empresa é a maior fabricante de motores elétricos da América Latina e cofundada por seu avô Geraldo Werninghaus.

A multinacional faturou US$ 3 bilhões (R$ 15 bilhões) em 2020 e tem fábricas em cinco países.

Anne é fundadora da VestesBr, uma empresa de moda B2B lançada em 2011 e que fica localizada em Jaraguá do Sul (SC).

3 - Lucia Maggi e família

Posição no ranking global: 2.020ª (caiu)

Continua após a publicidade

Patrimônio líquido: US$ 1,4 bilhão (R$ 7 bilhões)

Lucia Borges Maggi
Lucia Borges Maggi Imagem: Divulgação

Gaúcha, Lúcia era casada com o também empresário André Maggi. Os dois fundaram juntos, em São Miguel do Iguaçu (PR), em 1977, uma empresa inicialmente chamada de Sementes Maggi, especializada no plantio e comércio de soja.

A empresa investiu também em outras commodities e se transformou no Grupo André Maggi, que ficou conhecido posteriormente como Grupo Amaggi. É uma das maiores empresas produtoras de soja do Brasil.

Em 2001, o seu marido André morreu e Lúcia assumiu como acionista majoritária da empresa. Hoje, ela atua como membro consultivo do conselho de administração da Amaggi.

2 - Ana Lucia de Mattos Barretto Villela

Posição no ranking global: 1.905ª (caiu)

Continua após a publicidade

Patrimônio líquido: US$ 1,5 bilhão (R$ 7,6 bilhões)

Ana Lucia de Mattos Barretto Villela, a 2ª mulher mais rica do Brasil
Ana Lucia de Mattos Barretto Villela, a 2ª mulher mais rica do Brasil Imagem: Divulgação

Uma das maiores acionistas individuais do Itaúsa, holding do banco Itaú, Ana Lucia de Mattos Barretto Villela é bisneta do fundador do banco Itaú. Ela é membro do conselho de administração do grupo desde 2018 e acionista desde quando tinha oito anos, após seus pais morrerem em um acidente de avião em 1982.

Ela também é acionista da Duratex, fabricante brasileira de painéis de madeira e louças sanitárias, fundada por seu avô.

1 - Vicky Safra e família

Posição no ranking global: 100ª (subiu)

Continua após a publicidade

Patrimônio líquido: US$ 16,6 bilhões (R$ 84 bilhões)

Vicky Safra é a mulher mais rica do Brasil, diz a Forbes
Vicky Safra é a mulher mais rica do Brasil, diz a Forbes Imagem: Bruno Poletti/Folhapress

A mulher mais rica do Brasil. É viúva do banqueiro Joseph Safra atua no setor bancário desde o século 19.

Vicky e seus quatro filhos adultos herdaram a fortuna de Joseph. Ele morreu em dezembro de 2020.

A fortuna dela cresceu de 2022 para 2023 com a integração do patrimônio dos filhos Jacob, David, Alberto e Esther: foi de R$ 37,5 bilhões para R$ 87,8 bilhões, um avanço de 134%.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes