Conteúdo publicado há 2 meses

Vendas do Natal caíram 1,4% e têm pior número em 3 anos, diz Serasa

As vendas do varejo físico durante a semana do Natal registraram uma queda de 1,4% em comparação com o ano passado, segundo pesquisa da Serasa Experian. É o pior número dos últimos três anos.

O que aconteceu

O "Indicador de Atividade do Comércio" analisou as vendas entre 18 e 24 de dezembro. O percentual só não foi pior do que o registrado em 2020, primeiro ano da pandemia da covid-19, quando as vendas no período apresentaram uma queda de 10,3%.

Em 2021, o levantamento mostrou um aumento de 2,8% nas vendas do varejo físico. Já no ano passado, foi registrado um crescimento de 0,4%.

A pesquisa também revela que a queda foi ainda pior no final de semana do Natal, 22 a 24 de dezembro, quando as vendas caíram 10,7%. O economista-chefe da Serasa Experian, Luiz Rabi, analisou que o fato da véspera natalina ter sido em um domingo pode ter influenciado a baixa no final de semana.

O economista diz ainda que "a prioridade dos consumidores foi a reestruturação financeira". Rabi afirma que as pessoas optaram "por utilizar o 13º salário para o pagamento e renegociação de dívidas, deixando as compras e presentes de Natal em segundo plano".

O indicador também analisou especificamente as vendas do varejo físico da cidade de São Paulo. A pesquisa mostra que as vendas durante a semana do Natal caíram em 1,2%, e 9,6% no final de semana.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes