Conteúdo publicado há 1 mês

Márcio França: 'Queremos fazer um Desenrola para PJ até abril'

O ministro do Empreendedorismo, da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte, Márcio França, afirmou que o governo vai criar até abril um programa de renegociação de dívidas voltado para empresas. A iniciativa teria os mesmos moldes do Desenrola, que foca em pessoas físicas.

Igual para a pessoa física, nós queríamos fazer um Desenrola para pessoa jurídica.

Lá no governo passado, por conta da pandemia, muitos comerciantes quebraram. Porque a gente determinou que eles fechassem as suas portas e depois o cara tinha que pagar os impostos, enfim... Então foi criado um programa chamado Pronampe, (...) Foi criado um fundo. Nós chegamos já a emprestar R$ 50 bilhões (...) Mas nós emprestamos dizendo pra pessoa que o Pronamp ia custar 4%, 5%. Aí a Selic que era 1%, 2% em 8 meses foi para 13%. Aí o que acontece é que o cara quebrou. Então nós precisamos fazer um Desenrola. Márcio França, ministro do Empreendedorismo, da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte

O ministro disse que está negociando o ministro da Fazenda, Fernando Hadda para ampliar o prazo do Pronampe (Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte) para que os inadimplentes possam aderir ao Desenrola.

Ministro vai lançar linha de crédito de R$ 30 bi para microempreendedores

França disse que o dinheiro vai estar disponível para MEIs e empresas do Simples Nacional.

Se você coloca R$ 10 mil, por exemplo, na mão de uma pessoa que faz bolo. Ela vai comprar uma batedeira melhor, uma geladeira para guardar a massa. Ela vai dar o salto que precisa porque ela não tem condições de comprar o que precisa. Por que uma pessoa que faz entregas com bicicleta não troca por uma moto? Porque ela não tem condições mesmo. Márcio França, ministro do Empreendedorismo, da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte

O ministro participou hoje do UOL Entrevista. O programa foi conduzido pelos colunistas do UOL Carla Araújo e Josias de Souza.

Assista à íntegra do UOL Entrevista com Márcio França

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes