Apresentação de Alaíde Costa no Carnegie Hall ganha prêmio máximo em Cannes

Considerada uma espécie de 'reparação histórica', a apresentação de Alaíde Costa no Carnegie Hall, em Nova York, no ano passado, foi premiada nesta terça-feira (18) como uma das grandes ideias do segundo dia do Cannes Lions, considerado o festival de criatividade mais importante do mundo.

O que aconteceu

Em outubro de 2023, a cantora Alaíde Costa fez uma apresentação especial no show 'A Grande Noite - Bossa Nova', realizado em Nova York (EUA). O espetáculo serviu como comemoração aos 60 anos do concerto de bossa nova que apresentou o gênero brasileiro ao mundo em 1962.

A participação de Alaíde no show foi vista como uma espécie de 'reparação histórica'. A cantora, que sempre esteve perto da bossa nova desde sua criação, não foi convidada para se apresentar no show de 6 décadas atrás.

O convite para se apresentar no show foi feito pela Johnnie Walker, marca de uísque da Diageo. Chamada de 'Errata at 88', a ação foi criada pela agência AlmapBBDO.

A iniciativa levou o Grand Prix (prêmio máximo) da categoria Entertainment Lions for Music do Cannes Lions:

A categoria deu outros 3 prêmios ao Brasil. Foram 1 Prata para uma campanha de Mercado Livre e 2 Bronzes, para o comercial da Volkswagen com Maria Rita e para Hutukara, enredo da escola de samba Acadêmicos do Salgueiro que homenageou o povo Yanomami no Carnaval 2024.

O enredo do Salgueiro ainda ficou com outros 2 troféus de Bronze, nas categorias Industry Craft e Entertainment. O desfile trouxe à tona o debate sobre a situação do garimpo ilegal e da cultura Yanomami no Brasil e teve, em sua criação, a colaboração da agência DM9.

Segundo dia de prêmios

O segundo dia de premiação do festival rendeu um total de 19 leões (como são chamados os troféus) para o Brasil. Além do Grand Prix, o país ficou com 3 Ouros, 4 Pratas e 11 Bronzes nas 8 categorias que foram anunciadas hoje.

Continua após a publicidade

Confira os prêmios brasileiros em cada categoria que foram anunciados no 2º dia do festival - o Brasil ficou sem prêmios em Digital Craft (entre parênteses, o anunciante/marca e a agência criadora da campanha:

  • Design Lions: 1 Ouro (Bradesco Seguros/AlmapBBDO), 1 Prata (Desierto Vestido/Artplan) e 1 Bronze (Dasa/DM9)
  • Film Craft Lions: 1 Ouro e 1 Bronze (os dois para Moderna/The Youth)
  • Industry Craft Lions: 1 Ouro (Coca-Cola/VML) e 2 Bronzes (Bradesco Seguros/AlmapBBDO e Yanomami e Salgueiro/DM9)
  • Entertainment Lions: 2 Bronzes (VW/AlmapBBDO e Yanomami e Salgueiro/DM9)
  • Entertainment Lions for Gaming: 1 Prata e 1 Bronze (ambos para Heineken/Le Pub)
  • Entertainment Lions for Music: 1 GP (Diageo/AlmapBBDO), 1 Prata (Mercado Livre/Gut) e 2 Bronzes (VW/AlmapBBDO e Yanomami e Salgueiro/DM9))
  • Entertainment Lions for Sport: 1 Prata (iFood/DM9) e 2 Bronzes (Gatorade/Isla e Itaú/Galeria)

Além disso, o Brasil ainda teve mais uma empresa premiada com destaque. A produtora Colossal, de Curitiba, aparece na ficha técnica do Grand Prix de Digital Craft, na campanha 'Spreadbeats', criada pela agência FCB NY para o Spotify.

Com os prêmios de hoje, o Brasil já soma 37 leões no festival. Até o momento, a organização já anunciou os vencedores em 13 categorias, em que foram entregues 348 troféus.

Mais de R$ 10 milhões apenas em inscrições

O Cannes Lions vai até sexta-feira (21). Até lá, serão anunciados os vencedores em mais 27 categorias. As empresas brasileiras inscreveram mais de 2 mil ações de marketing no festival, em um investimento que ultrapassa os R$ 10 milhões.

Continua após a publicidade

No ano passado, agências e empresas brasileiras ficaram com 92 Leões, sendo o Titanium Lions (para W+K SP/Africa Creative), 2 Grand Prix (para AlmapBBDO e AKQA), além de 11 Ouros, 28 Pratas e 50 Bronzes. Mesmo com o bom desempenho, o Brasil ficou longe do seu recorde de 115 troféus, conquistados em 2013.

Uma das grandes novidades deste ano foi a criação da categoria 'Luxury & Lifestyle', que premiará a comunicação voltada para bens e experiências de luxo. Além disso, a organização incluiu um campo obrigatório do uso de inteligência artificial (IA) nas inscrições dos trabalhos: os concorrentes deverão ter informado se usaram ferramentas de IA na coleta de informações, concepção ou produção.

Deixe seu comentário

Só para assinantes