Bolsas

Câmbio

Ambev tem queda de 8,6% no lucro líquido do 4º tri

Alberto Alerigi Jr.

SÃO PAULO (Reuters) - A maior cervejaria da América Latina, Ambev, teve queda de 8,6% no lucro líquido do quarto trimestre sobre um ano antes, para R$ 4,259 bilhões, impactada por aumento de despesas e no resultado financeiro negativo.

A empresa também apurou queda de cerca de 3% nos volumes de vendas no período, mas a receita líquida subiu 25% no período, com a empresa apostando mais em segmento "premium" e em distribuição direta dos produtos no Brasil.

A companhia de bebidas teve resultado operacional medido pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado de R$ 8,02 bilhões, alta ante os R$ 6,8 bilhões de um ano antes.

As despesas com vendas, gerais e administrativas subiram cerca de 33% no trimestre, a R$ 3,931 bilhões.

O resultado financeiro negativo cresceu para R$ 1,1 bilhão ante R$ 587,5 milhões um ano antes. A Ambev afirmou que o aumento do resultado financeiro negativo ocorreu diante do impacto da alta de juros no Brasil sobre a dívida e cerca de R$ 600 milhões em despesas sem efeito caixa, relativos à opção de venda associada ao investimento na República Dominicana.

A Ambev afirmou que espera investir este ano menos que os R$ 5,261 bilhões aplicados em 2015. A empresa também prevê que as despesas com vendas, gerais e administrativas no Brasil cresçam um dígito baixo no ano, "com a inflação geral sendo compensada por ganhos de eficiência".

Além disso, a companhia estima que a receita líquida no Brasil cresça entre um dígito médio e um dígito alto no ano, "com um fraco primeiro trimestre esperado".

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos