PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Impulso de crédito do governo pode aumentar risco de bancos estatais, diz Moody's

02/03/2016 11h48

SÃO PAULO, 2 Mar (Reuters) - Os esforços do governo brasileiro para aumentar o crédito através dos bancos estatais podem elevar o risco destes bancos e, consequentemente para os credores, informou nesta quarta-feira (2) a agência de classificação de risco Moody's.

"Devido à profunda recessão econômica do Brasil e aos elevados níveis de alavancagem dos tomadores de crédito, será provavelmente difícil para os bancos aumentar significativamente o volume de crédito no atual ambiente", afirmou, em nota, o vice-presidente da Moody's América Latina, Alexandre Albuquerque.

No fim de janeiro, o governo anunciou um pacote de estímulos econômicos baseado no aumento da oferta de crédito, concedendo R$ 83 bilhões através de bancos estatais, como o Banco do Brasil.

Ainda que o programa do governo dependa de incentivo aos bancos e aos tomadores de empréstimo para impulsionar o crescimento do crédito, a Moody`s alerta que se a falta de confiança dos tomadores prevalecer, os bancos terão que encontrar novas formas de lidar com o excesso de liquidez.

(Por Erick Noin; Edição de Patrícia Duarte)

Juros do cheque especial e do cartão de crédito são recordes

Band News