Bolsas

Câmbio

Mercados recuam após BC do Japão manter política monetária

Samuel Shen, Nathaniel Taplin e Shinichi Saoshiro

XANGAI/TÓQUIO, 16 Jun (Reuters) - As Bolsas da China recuaram nesta quinta-feira (16) com os investidores voltando o foco para a economia, enquanto os mercados do restante da região ficaram pressionados após o banco central do Japão optar por não adotar mais medidas de estímulo.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, teve queda de 0,7 por cento, enquanto o índice de Xangai .SSEC recuou 0,48 por cento.

O estrategista do UBS Lu Wenjie disse que os temores de mais fraqueza no iuan também estão desencorajando os investidores.

Já no Japão o banco central manteve a política monetária e sua visão otimista da economia nesta quinta-feira, mesmo com renovadas altas do iene e queda nos preços das ações ameaçando afetar a confiança empresarial e a frágil recuperação econômica.

Embora a decisão do BC japonês não tenha sido uma grande surpresa, as expectativas de que uma ação seja tomada no próximo mês aumentaram.

Às 7:20 o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão .MIAPJ0000PUS caía 1,11 por cento.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei  recuou 3,05 por cento, a 15.434 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 2,10 por cento, a 20.038 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,48 por cento, a 2.873 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,70 por cento, a 3.094 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,86 por cento, a 1.951 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 1,30 por cento, a 8.494 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,82 por cento, a 2.751 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 teve variação negativa de 0,02 por cento, a 5.145 pontos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos