Wall St se recupera após dois dias de quedas por votação pela saída do Reino Unido da UE

Por Lewis Krauskopf

(Reuters) - Os principais índices acionários dos Estados Unidos subiram nesta terça-feira, recuperando algumas das perdas recentes, com investidores buscando ativos mais baratos após uma deterioração de dois dias causada pela decisão do Reino Unido de deixar a União Europeia.

O índice Dow Jones subiu 1,57 por cento, a 17.409 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 1,78 por cento, a 2.036 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 2,12 por cento, a 4.691 pontos.

Os índices norte-americanos se juntaram aos mercados ao redor do mundo na recuperação após os mercados acionários globais perderem 3 trilhões de dólares em valor nos dois dias após o chocante voto do Reino Unido, de acordo com o S&P Dow Jones Indices. Investidores também apontaram os sólidos dados econômicos dos EUA como um fator que ajudou a estabilizar as ações.

Os setores financeiro e de tecnologia, profundamente atingidos após o referendo britânico, ficaram entre os que mais ganharam nesta terça-feira.

"As pessoas estão começando a dizer que talvez isso demore mais tempo do que pensavam e talvez o impacto no mercado norte-americano não será nem de perto tão grande quanto se receava", disse o presidente da LibertyView Capital Management, Rick Meckler. "Então eu acho que teve um pouco de caça às barganhas."

(Reportagem adicional de Saqib Iqbal Ahmed e Yashaswini Swamynathan)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos