Bradesco paga R$ 16 bilhões e conclui compra do HSBC Brasil

SÃO PAULO, 1 Jul (Reuters) - O Bradesco concluiu sexta-feira (1º) a compra do HSBC Brasil, com um pagamento de R$ 16 bilhões e emparelha com o Itaú Unibanco na disputa pelo ranking de maior instituição financeira privada do país.

O valor está sujeito a ajustes após conclusão do balanço do HSBC Brasil do segundo trimestre.

A compra anunciada em agosto passado por US$ 5,2 bilhões na época equivalia a R$ 17,6 bilhões. O negócio foi aprovado pelo Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) no começo de junho.

Com base em dados do Bradesco de março e do HSBC de dezembro de 2015, o conglomerado passa a ter US$ 1,28 trilhão em bens e negócios totais, carteira de crédito de R$ 534,5 bilhões, 30,6 milhões de correntistas e 5.360 agências.

Com base em números do Banco Central referentes a março, isso colocaria o Bradesco à frente do Itaú Unibanco como maior banco privado do país. No fim do primeiro trimestre, os ativos totais do Itaú eram de R$ 1,204 bilhão, segundo o BC.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos