Bolsas

Câmbio

Produção industrial cresce 1,1% em junho e marca 4º mês seguido de expansão, mostra IBGE

RIO DE JANEIRO/SÃO PAULO, 2 Ago (Reuters) - A produção industrial do Brasil marcou o quarto mês seguido de expansão em junho, ao subir 1,1% sobre maio, com desempenho positivo no setor que mostra investimentos, mas ainda insuficiente para apagar as perdas acumuladas recentemente em meio à recessão econômica.

Na comparação com junho de 2015, informou o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta terça-feira (2), a produção encolheu 6%, fechando o segundo trimestre com queda de 6,7% sobre igual período de 2015. Nos quatro meses até junho, a expansão acumulada foi de 3,5%.

Expectativa em pesquisa da Reuters era de alta de 1,3% na comparação mensal e queda de 6,2% na base anual, segundo a mediana das projeções.

Na comparação mensal, o destaque foi o desempenho do segmento de bens de capital, medida de investimento, que cresceu 2,1%, recuando 3,9% na comparação anual.

Entre os 24 ramos pesquisados, segundo o IBGE, 18 tiveram alta na comparação mensal, sendo que a principal influência veio de veículos automotores, reboques e carrocerias (+8,4%).

A economia brasileira enfrenta altos níveis de desemprego e fraqueza em todos os setores, incluindo o industrial, que começam a esboçar alguma recuperação.

No mês passado, o Índice de Confiança da Indústria (ICI) medido pela FGV (Fundação Getulio Vargas) avançou pela quinta vez seguida e atingiu o maior patamar desde novembro de 2014.

(Por Rodrigo Viga Gaier, no Rio de Janeiro, e Patrícia Duarte, em São Paulo; Edição de Alexandre Caverni)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos