Bolsas da China têm leves ganhos; restante da região avança com ajuda do petróleo

Singapura/Tóquio/XANGAI (Reuters) - As bolsas chinesas fecharam apenas com leves altas nesta quinta-feira (4), com os investidores em compasso de espera devido a sinais de que Pequim está empacada entre alternativas não atraentes de medidas em sua luta para estimular a economia fraca.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, teve alta de 0,24%, enquanto o índice de Xangai ganhou 0,14%.

O banco central da China disse na quarta-feira que o governo vai usar múltiplas ferramentas de política monetária e manter ampla liquidez e crescimento razoável do crédito no segundo semestre do ano.

Uma recuperação nos preços do petróleo em mais de 3 por cento, após mínimas em quatro meses, levou o restante da região asiática a ter ganhos.

O índice japonês Nikkei, que chegou perto da mínima de quatro semanas durante a sessão, se recuperou e terminou com alta de 1,07%, conforme o iene se enfraqueceu.

  • Em Tóquio, o índice Nikkei avançou 1,07%, a 16.254 pontos.
  • Em Hong Kong, o índice Hang Seng subiu 0,43%, a 21.832 pontos.
  • Em Xangai, o índice SSEC ganhou 0,14%, a 2.982 pontos.
  • O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,24%, a 3.201 pontos.
  • Em Seul, o índice Kospi teve valorização de 0,26%, a 2.000 pontos.
  • Em Taiwan, o índice Taiex registrou alta de 0,26%, a 9.024 pontos.
  • Em Cingapura, o índice Straits Times valorizou-se 0,15%, a 2.831 pontos.
  • Em Sydney, o índice S&P/ASX 200 avançou 0,18% a 5.475 pontos.

(Por Samuel Shen, Pete Sweeney, Nichola Saminather e Hideyuki Sano)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos