Bolsas

Câmbio

Investidores digerem dados mistos e índices na China têm pouca variação

TÓQUIO (Reuters) - Os mercados chineses fecharam com leves variações nesta sexta-feira (14), com os investidores lidando com relatórios econômicos mistos antes da divulgação dos dados do PIB (Produto Interno Bruto) do terceiro trimestre na próxima semana.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, teve alta de 0,1%. O índice de Xangai subiu 0,08%.

As exportações da China em setembro caíram 10% em relação ao ano anterior, bem mais do que a expectativa do mercado, enquanto as importações recuaram inesperadamente 1,9% após um salto em agosto, levantando dúvidas sobre a recente estabilização da economia.

No entanto, dados da inflação mostraram nesta sexta-feira que os preços ao produtor e ao consumidor tiveram alta. Os preços ao produtor, em particular, subiram pela primeira vez em quase cinco anos, o que pode resultar em maiores lucros e dar às empresas mais espaço para pagar as enormes dívidas.

A maioria dos mercados do restante da região teve alta nesta sexta-feira, apagando algumas perdas do dia anterior, com os dados de inflação na China aliviando algumas preocupações sobre a saúde da segunda maior economia do mundo.

  • Em Tóquio, o índice Nikkei avançou 0,49%, a 16.856 pontos.
  • Em Hong Kong, o índice Hang Seng subiu 0,88%, a 23.233 pontos.
  • Em Xangai, o índice SSEC ganhou 0,08%, a 3.063 pontos.
  • O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,1%, a 3.306 pontos.
  • Em Seul, o índice Kospi teve valorização de 0,36%, a 2.022 pontos.
  • Em Taiwan, o índice Taiex registrou baixa de 0,59%, a 9.165 pontos.
  • Em Cingapura, o índice Straits Times valorizou-se 0,35%, a 2.815 pontos.
  • Em Sydney, o índice S&P/ASX 200 recuou 0,03%, a 5.434 pontos.

(Por Shinichi Saoshiro)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos