Bolsas

Câmbio

Mercados chineses são pressionados por setor de tecnologia

XANGAI/TÓQUIO (Reuters) - Os principais índices acionários da China tiveram leves variações nesta sexta-feira (13), pressionados pelas ações do setor de tecnologia, uma vez que a aprovação mais rápida das ofertas públicas iniciais de ações (IPO, em inglês) exacerbou preocupações com as ações de empresas menores.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,05%, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,22%.

Na semana, o CSI caiu 0,9%, enquanto o SSEC recuou 1,3%.

O ChiNext Price Index de tecnologia, equivalente chinês ao Nasdaq, recuou 1,6% em sua sétima sessão de perdas, atingindo a mínima de 10 meses, uma vez que as aprovações mais rápidas de IPOs aumentaram a oferta de ações no mercado.

O índice MSCI caía nesta sexta-feira, mas caminhava para ter ganhos semanais, com os investidores desapontados que o presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, não tenha elaborado sobre seus planos de estímulo em uma entrevista à imprensa há dois dias.

O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, tinha queda de 0,08% às 7h36 (horário de Brasília), depois de subir para o nível mais alto desde o final de outubro na sessão anterior.

  • Em Tóquio, o índice Nikkei avançou 0,8%, a 19.287 pontos.
  • Em Hong Kong, o índice Hang Seng subiu 0,47%, a 22.937 pontos.
  • Em Xangai, o índice SSEC perdeu 0,22%, a 3.112 pontos.
  • O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,05%, a 3.319 pontos.
  • Em Seul, o índice Kospi teve desvalorização de 0,5%, a 2.076 pontos.
  • Em Taiwan, o índice Taiex registrou baixa de 0,33%, a 9.378 pontos.
  • Em Cingapura, o índice Straits Times valorizou-se 1,07%, a 3.025 pontos.
  • Em Sydney, o índice S&P/ASX 200 recuou 0,79%, a 5.721 pontos.

(Por Lisa Twaronite, Luoyan Liu e John Ruwitch)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos