Bolsas

Câmbio

Aneel vai rever tarifas para devolver a consumidor até maio cobranças por Angra 3

(Reuters) - A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) deverá rever as tarifas de todas distribuidoras de eletricidade do Brasil para que os consumidores recebam de volta provavelmente entre abril e maio valores cobrados indevidamente após um erro nos cálculos tarifários de 2016.

Na semana passada, o órgão regulador admitiu que foram incluídos nas tarifas do ano passado custos com a remuneração da usina nuclear de Angra 3, cujas obras estão paralisadas e sem previsão de retomada.

Na ocasião, a Aneel disse que o valor cobrado junto aos consumidores devido ao erro será compensado por meio de descontos nos próximos reajustes tarifários das distribuidoras em 2017.

Mas agora a agência prevê antecipar essa devolução. Uma decisão final deverá ser tomada em reunião da diretoria agendada para 28 de março.

"Com a iniciativa, os cálculos que seriam feitos nas movimentações tarifárias durante o ano de 2017 serão antecipados para todas as distribuidoras e os consumidores receberão os valores cobrados a maior provavelmente entre os meses de abril e maio, com a devida remuneração pela taxa Selic", explicou a Aneel.

A agência disse ainda que "reviu seus procedimentos no sentido de evitar novas ocorrências".

(Por Luciano Costa, em São Paulo)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos