Sharp espera primeiro lucro em 4 anos; confirma oferta por divisão de chips da Toshiba

CHIBA (Reuters) - A japonesa Sharp estimou nesta sexta-feira seu primeiro lucro líquido em quatro anos após o corte de custos sob o novo dono taiwanês Hon Hai Precision Industry (Foxconn), e disse que continuaria fazendo investimentos ativos.

Com a Foxconn mudando o cenário da fabricante de tela de cristal líquido (LCD) desde a aquisição de 3,8 bilhões de dólares no ano passado, a Sharp agora mira investir em futuros motores de crescimento.

A companhia juntou-se à Foxconn para concorrer pela unidade de chips da Toshiba, disseram fontes anteriormente à Reuters, e na semana passada disse que iria investir até 1 bilhão de dólares em um fundo com foco em tecnologia do SoftBank Group de 100 bilhões de dólares.

"Nós nos juntamos à oferta" para a unidade de chips da Toshiba, disse o presidente-executivo da Sharp, Tai Jeng-wu, na primeira confirmação oficial do envolvimento da empresa na disputa. "Mas não podemos comentar mais à medida que estamos no meio do processo (de leilão)."

Tai também disse que a Sharp quer construir uma fábrica de LCD nos Estados Unidos se as condições forem atendidas e a competitividade assegurada.

A fabricante de LCD previu um lucro líquido de 59 bilhões de ienes (530 milhões de dólares) para o ano até março, revertendo prejuízo de 24,9 bilhões de ienes no exercício anterior.

A perspectiva se compara com a média de 41,9 bilhões de ienes de nove estimativas de analistas consultados ​​pela Thomson Reuters.

A Sharp também divulgou seu primeiro plano de negócios desde a aquisição da Foxconn, visando a obter lucro operacional de 150 bilhões de ienes para o ano que termina em março de 2020. Isso se compararia com 62,5 bilhões de ienes no ano encerrado em março.

(Reportagem de Makiko Yamazaki)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos