Bolsas

Câmbio

Mercados europeus têm 4° mês consecutivo de alta mas incertezas persistem

MILÃO (Reuters) - Os mercados acionários europeus tiveram o quarto mês consecutivo de ganhos nesta quarta-feira, apesar de novas preocupações políticas e a falta de novos catalisadores, após uma temporada de resultados surpreendentemente fortes estimular os investidores a realizarem alguns lucros em ações de bancos e relacionadas a commodities.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,1 por cento, a 1.532 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,13 por cento, a 390 pontos.

O STOXX teve alta de 0,9 por cento em maio, menor número desde que a série de ganhos mensais começou em fevereiro.

Os resultados corporativos robustos, as avaliações relativamente baratas e menores riscos econômicos atraíram os investidores de volta às ações regionais.

Mas a alta perdeu força nas últimas semanas, com a valorização das ações de volta às médias históricas e com as preocupações sobre as eleições antecipadas na Itália e com as eleições no Reino Unido atingindo a confiança dos investidores.

"Os mercados não gostam de incerteza política e antecipar isso é uma desculpa inevitável para realizar lucros", disse o gerente de fundos da JCI Capital, Alessandro Balsotti.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,09 por cento, a 7.519 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,13 por cento, a 12.615 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,42 por cento, a 5.283 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,40 por cento, a 20.731 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,03 por cento, a 10.880 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,19 por cento, a 5.289 pontos.

(Por Danilo Masoni)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos