Tripulantes da British Airways começam greve de 2 semanas por disputa salarial

LONDRES (Reuters) - Algumas tripulações da British Airways começam uma greve de duas semanas no sábado em uma disputa salarial prolongada, arriscando outros danos para a empresa e interrupções de viagem, embora a companhia aérea tenha dito que a maioria dos passageiros será capaz de voar.

Os tripulantes da "frota mista" da BA --aqueles que trabalham em voos longos e curtos-- estão em conflito com a companhia desde o ano passado sobre as ofertas salariais que o sindicato Unite descreveu como "salário de pobreza".

Embora a disputa salarial tenha sido basicamente resolvida, a Unite disse que a greve é uma resposta às sanções contra os sindicalistas envolvidos em ações anteriores.

Embora a previsão seja de impacto limitado nos voos, o movimento é outra ameaça potencial para a imagem da companhia aérea pouco mais de um mês depois de milhares de passageiros ficarem no solo por uma pane do sistema de computação.

(Reportagem de Alistair Smout)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos