Volkswagen avalia opções para fabricante de transmissões Renk, dizem fontes

FRANKFURT (Reuters) - A Volkswagen está considerando opções para sua participação majoritária na fabricante de transmissões Renk , em meio a uma revisão de estratégia da montadora alemã após o escândalo de emissão de poluentes, disseram pessoas familiarizadas com o assunto.

A montadora está trabalhando com o Citi para decidir o futuro da Renk, que pode resultar na venda da empresa de transmissões e rolamentos usados em navios para turbinas eólicas, disseram as fontes.

Se um decisão formal de vender a Renk for tomada, um leilão pode ser lançado no segundo semestre deste ano, e a companhia pode ser avaliada entre 687 e 916 milhões de dólares, acrescentaram.

A MAN , unidade da Volkswagen, detém 76 por cento da Renk e tem 390 milhões de euros em ações e 214 milhões em dinheiro, segundo seu relatório anual de 2016.

No ano passado, a Renk teve lucro antes de impostos de 65 milhões de euros e Ebitda (lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização) em torno de 80 milhões de euros nas vendas de 496 milhões.

A empresa espera que o movimento interesse grupos de private equity como KKR, CVC, Cinven, Carlyle e Advent, disseram as fontes.

(Por Arno Schuetze e Edward Taylor)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos