Bolsas

Câmbio

Corte de produção de petróleo está funcionando e mercado se reequilibrará até março, diz Kuweit

KUWEIT (Reuters) - O mercado global de petróleo está demorando mais do que se esperava para reencontrar o equilíbrio, mas o excesso de oferta deve acabar até o fim de março e a Opep não precisa adotar novas ações para limitar a oferta por enquanto, disse o ministro do Petróleo do Kuweit em entrevista à Reuters.

Essam al-Marzouq também disse que não há necessidade de a Organização dos Países Exportadores de Petróleo realizar uma reunião extraordinária antes de seu encontro agendado para novembro, porque os cortes de oferta liderados pela organização estão "funcionando bem".

A Opep e 11 países de fora do bloco reduziram a produção em 1,8 milhão de barris por dia desde janeiro. Os cortes, que inicialmente deveriam ficar em vigor até o fim do primeiro semestre de 2017, foram estendidos até março de 2018, em uma aposta para reduzir o excesso de oferta e aumentar os preços.

"Estamos nas primeiras duas semanas do período de extensão. É muito cedo para dizer agora o que faremos em novembro", disse Marzouq, em entrevista na capital do Kuweit, dizendo que não há necessidade de aprofundar os cortes no momento.

Ele disse que a Opep deverá "esperar e ver o que acontece, pelo menos nas duas próximas semanas até o fim de julho, para avaliar os dados de cumprimento do acordo e o efeito disso sobre os estoques".

(Por Rania El Gamal e Ahmed Hagagy)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos