Bolsas

Câmbio

Ações do Carrefour caem mais de 2% na bolsa de Paris após IPO de operações no Brasil

PARIS (Reuters) - As ações do grupo varejista francês Carrefour recuavam mais de 2 por cento na bolsa de Paris, nesta quarta-feira, após a oferta pública inicial de ações (IPO, em inglês) das operações no Brasil ter sido precificada no piso da faixa indicativa de 15 a 19 reais.

Apesar disso, a operação movimentou 5,125 bilhões de reais, considerando os lotes primário (ações novas) e secundário (papéis detidos por sócios), o que configura o maior IPO no Brasil em quatro anos. [nL1N1K92AI]

As ações ofertadas começam a ser negociadas em 20 de julho.

A consultoria Raymond James cortou em 1 euro o preço-alvo das ações da varejista francesa em Paris, para 25 euros, reiterando a recomendação "outperform".

Para o UBS, a avaliação das operações do Carrefour Brasil ficou abaixo do número que a maioria dos investidores considerava em seus modelos.

O banco suíço ainda disse que o novo presidente-executivo do grupo Carrefour, Alexandre Bompard, que assumiu na terça-feira, deve focar em recuperar a competitividade de preços na França.

Já a Raymond James informou que vai monitorar os primeiros anúncios e decisões de Bompard como presidente-executivo quando o grupo divulgar os resultados do primeiro semestre de 2017, em 30 de agosto.

Em 6 de julho, o diretor financeiro do Carrefour não confirmou em teleconferência com analistas o consenso de mercado para o lucro antes de juros e impostos (Ebit) da varejista em 2017, de 2,49 bilhões de euros, gerando preocupações em relação à perspectiva de lucro.

(Por Dominique Vidalon)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos